19 de Maio de 2019
17º/33º
ENTRETENIMENTO » COLUNISTAS

O que faz um engenheiro biotecnológico ?

Antes de tentar explicar o que esse profissional faz é necessário você mesmo entender o que pode vir a fazer caso siga essa profissão. O Engenheiro Biotecnológico tem sobre ele um vasto campo de trabalho e isso pode deixar as pessoas um pouco confusas na hora de entender o que é esse curso, portanto uma definição sempre ajuda. O profissional de Biotecnologia é multidisciplinar, pois ele conhece tanto a área de biológicas quanto as áreas de química, física, informática e estatística, conseguindo assim ser um profissional completo para o mercado de trabalho.

Agora quando se trata de áreas de atuação pode ficar mais amplo ainda e isso é o que
torna essa profissão tão diferente das outras, você não precisa ficar apenas no laboratório ou
na indústria, não precisa trabalhar apenas com uma linha de pesquisa, mas sim com mais de
uma, além das várias linhas de pesquisa e vários tipos de empresa nas quais você pode
ingressar, é esse vasto campo que torna o curso amplo e uma ótima escolha pra quem gosta da
área e quer descobrir tudo que ela te proporciona antes de escolher o segmento que quer
seguir.

Em laboratório, você pode estudar o melhoramento genético, a criação e o gerenciamento de novos produtos, podendo ser medicamentos, ingredientes para alimentos industriais ou até mesmo uma planta. Na área da microbiologia, estuda-se fungos, bactérias,vírus, protozoários e as moléstias que eles causam em plantas e no organismo humano e de animais, além de pesquisar métodos de utilização desses microrganismos na produção de alimentos e bebidas, como laticínios, cerveja e vinho. Já na imunologia, emprega os microorganismos na produção de vacinas e medicamentos. E em indústrias alimentícias e farmacêuticas, cuida do controle do crescimento microbiano e da segurança e higiene no ambiente de trabalho, assim como controla a qualidade do produto final. Ele também pode atuar em órgãos de controle ambiental, na avaliação e prevenção da contaminação da água e do solo. Além de, caso contar com uma formação específica, poder trabalhar como engenheiro, projetando, construindo e operando equipamentos que reproduzem, em escala industrial, processos que envolvam células vivas, empregados na fabricação de medicamentos, cosméticos, alimentos ou química em geral.

Como vocês puderam ver, pode ser confusa mesmo a explicação, mas nada que com
calma não se resolva. Espero nesse pequeno texto ter ajudado um pouco mais sobre a
compreensão desta profissão que nos proporciona muitos tipos de escolhas.

Por: Amanda de Andrade Machado - Gerente do Departamento Administrativo Jurídico Financeiro Biotec Júnior – Gestão 2016biotecjr.com.br

+ VEJA TAMBÉM