BRASIL

10/01/2017 -- 16:00

IBGE prevê safra 16,1% maior para 2017

Já a estimativa de dezembro para a safra colhida em 2016 ficou 12,2% menor em comparação à obtida em 2015.

Facebook
Twitter
Google +
Whatsapp
Surgerir Pauta
Comunicar Erro

A safra brasileira de grãos deve avançar 16,1% este ano em relação a 2016, para 213,7 milhões de toneladas, estimou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta terça-feira (10), no terceiro prognóstico para a safra de cereais, leguminosas e oleaginosas de 2017.

Todas as regiões devem ter aumentos na produção neste ano, segundo o instituto: Norte (13,4%), Nordeste (73%), Sudeste (11,1%), Sul (5,8%) e Centro-Oeste (20,5%).
As principais influências desses aumentos são a alta de 9,6% na estimativa de produção da soja (9,2 milhões de toneladas a mais que a safra de 2016) e de 31% na produção de milho (19,6 milhões de toneladas a mais que em 2016).

Já a estimativa de dezembro para a safra colhida em 2016 ficou 12,2% menor em comparação à obtida em 2015 (de 209,7 milhões para 184 milhões de toneladas). A área a ser colhida (57,1 milhões de hectares) recuou 0,9% em relação à do ano anterior.

O arroz, o milho e a soja representaram 92,2% da estimativa da produção e responderam por 87,8% da área a ser colhida. Em relação a 2015, houve recuos na produção da soja (-1,8%), do arroz (-14,0%) e do milho (-25,7%).
Para 2016, a distribuição regional da produção de grão foi a seguinte: Centro-Oeste, 75,1 milhões de toneladas; Sul, 73 milhões de toneladas; Sudeste, 19,6 milhões de toneladas; Nordeste, 9,5 milhões de toneladas e Norte, 6,7 milhões de toneladas.

Em relação à safra passada, houve redução de 2,1% no Sudeste, de 12,5% no Norte, de 42% no Nordeste, de 16,3% no Centro-Oeste e de 3,6% no Sul. Nessa avaliação para 2016, o Mato Grosso foi o maior produtor nacional de grãos, com participação de 23,9% no total do país, seguido pelo Paraná (19%) e Rio Grande do Sul (17,3%). Somados, esses três estados representaram 60,2 % do total nacional, segundo o IBGE.



G1
Leia também!
IMPORTAÇÃO
Unidade da JBS em Lins suspende produção de carne bovina por três dias
Empresa estima que a produção na rede caia 35% depois que alguns países disseram que não vão mais importar carne do Brasil
OPERAÇÃO CARNE FRACA
UE e mais 14 países suspendem importação de carne brasileira
Medidas foram tomadas após vir a público as suspeitas de irregularidades
PARLAMENTARES
Para Sindicato dos Bancários, deputados traem trabalhadores com aprovação da terceirização
Texto segue para sanção
FISCALIZAÇÃO
Auditores fiscais realizam ato público em Brasília e reforçam apoio à Operação Carne Fraca
Presidente do Anffa Sindical e delegado responsável pela denúncia lembram a importância de acabar com as indicações politicas para por fim à corrupção
SORTE
Sorteio da Lotomania, Quina e Timemania será hoje em Teodoro Sampaio
LEÃO
Veja 8 dados que as pessoas mais esquecem ao declarar o Imposto de Renda
Informações omitidas sobre dependentes e rendimentos próprios levam o contribuinte à malha fina
Acesse a versão clássica
Redecity. © 2017
Google Twitter Whatsapp Facebook