24 de Outubro de 2017
17º/33º
NOTÍCIAS » REGIÃO
18/05/2017

Equipe especializada de Marília participa das buscas por jovem estrangulada por cunhado em Itu

Isabela Ferreira, de 17 anos, teria sido jogada no rio Tietê, onde os bombeiros realizam buscas desde domingo. Voluntários da ONG Sicoe passaram a auxiliá-los na quarta-feira

Uma equipe da ONG Sicoe Anjos da Guarda de Marília (SP), que é formada por voluntários especializados em buscas de pessoas desaparecidas e que integra a Defesa Civil da cidade, está auxiliando as buscas por uma jovem, de 17 anos, que foi estrangulada e teria sido jogada no Rio Tietê em Itu. O cunhado de Isabela Ferreira é o principal suspeito do crime. Ele chegou a ser preso, mas se matou na delegacia após confessar o crime.

Ela desapareceu no sábado (13) e as buscas começaram no dia seguinte. Quatro voluntários se juntaram ao grupo de cerca de 30 pessoas participam das buscas, entre elas, amigos, o pai e irmãos da vítima. As buscas foram feitas pelo bairro Potiguara, como terrenos baldios e áreas de mato, e também nas proximidades do rio.

De acordo com o coordenador do Sicoe, Cláudio Turci Schlic, os voluntários saíram de Barra Bonita na tarde de quarta-feira (17) e foram margeando o rio até chegar ao ponto em Itu onde ela pode ter sido jogada. As buscas continuaram na noite e foram retomadas nesta quinta-feira (18). "Nós vamos sugerir que as equipes que fechem a barragem de Pirapora para baixar um pouco o nível da água e concentrarmos as buscas próximas da ponte de Itu, porque encontramos fortes indícios de que ela possa estar nessa região."

As buscas nesta quinta-feira também têm o apoio do canil da Guarda Municipal.




G1