15 de Dezembro de 2017
17º/33º
NOTÍCIAS » REGIÃO

Assisense medalhista em natação encara novos desafios no ramo da música eletrônica

Guilherme Cardoso participa do projeto DoubleDrop juntamente com o amigo Marcos Conti

A dedicação do assisense Guilherme Cardoso sempre pôde ser vista nas piscinas, já que o rapaz de 20 anos é um grande medalhista na natação, mas seus talentos têm se expandido para novos horizontes, especialmente no ramo musical.

Em 2017, Guilherme iniciou um projeto de música eletrônica chamado de DoubleDrop, em parceria com o amigo Marcos Conti, que já está fazendo sucesso por ai. Em entrevista ao Portal AssisCity, o assisense contou como a iniciativa começou.

"Desde pequeno eu fui muito influenciado por Gustavo Assis. Acompanho-o desde muito cedo e sempre tive na minha cabeça a vontade de querer ser DJ. Eu via muitos festivais grandes de música eletrônica e aquilo sempre foi demais para mim, como ainda é. Desde pequeno, eu tentava mexer em programas de música, mas não entendia nada. Era mais pra ver como funcionava, mas depois de um tempo deixei isso de lado. Só no ano passado é que essa ideia voltou em mim e resolvi encarar. Eu estava na casa do Gustavo Assis e sempre via ele produzindo, os vídeos dele em shows e isso mexeu comigo de novo. Conversei com ele e felizmente tive bastante apoio, já que ele sabia o quanto eu queria isso", afirma.

Para aprender mais, Guilherme decidiu iniciar um curso de produção musical.

"No começo deste ano, iniciei um curso de produção musical com Felipe Senne. Além desse conhecimento que estou adquirindo, o Gustavo Assis me ajuda com dúvidas que tenho, além de ter me mostrado muitas coisas sobre música eletrônica que eu não conhecia. Pude conhecer vários artistas do cenário graças a ele, inclusive, como Vintage, Culture, Felguk, Jord, entre outros", salienta.

Durante essa trajetória, Guilherme conheceu o artista Marcos Conti e foi quando o projeto DoubleDrop surgiu.

"Nesse ano conheci o Marcos, que hoje é um grande amigo. Ele cogitou a ideia de montarmos um projeto musical e ficamos pensando em nomes, como seria, até que criamos o DoubleDrop, que é a nossa marca. Tocamos juntos em um evento chamado Psycodelic, onde também se apresentaram artistas como Unlik3, Draco e Nomad. Nós abrimos o evento e foi uma grande experiência para nós dois", acrescenta.

Sobre conciliar tantas atividades, Guilherme disse que foi preciso dar um tempo no projeto, mas que agora a dupla já está retomando os trabalhos.

"Nós tivemos que dar uma parada no projeto por conta das produções e porque estava muito corrido para eu treinar, fazer curso, faculdade e produzir. Agora no final do ano estamos dando continuidade a ele e vamos participar de um grande evento na cidade chamado Projeto Assis. É difícil conciliar tanta coisa, mas estou indo devagar. Não posso largar tudo ainda e arriscar todas as minhas fichas na música, especialmente porque ainda tenho um compromisso grande com a natação e que vou cumpri-lo até o final. Quando eu sentir que chegou a hora de me dedicar totalmente à música, sentarei com minha família, explicarei tudo para eles e veremos o que acontece", salienta.

Apesar disso, o assisense já tem show marcado na agenda para o próximo final de semana.

"Agora estou começando a ir para outras cidades tocar. No dia 9 de dezembro, sábado, estarei em Marília pela primeira vez para apresentar o nosso projeto e estou bastante ansioso. Esse mundo da música eletrônica é encantador e faço questão de agradecer ao Gustavo Assis, que hoje em dia é conhecido como Lazy Bear e está em uma das maiores agências do Brasil, que é a Entourage. Foi ele quem me mostrou como tudo isso funciona e meu sonho é conseguir, um dia, chegar onde ele chegou. Também quero agradecer a Beatrice Costa, pois quando eu estava indeciso, pensando em largar a música, ela sempre me deu força. Sei que tem muito chão pela frente ainda, mas estou recebendo muito apoio, especialmente da minha família, e isso me estimula a seguir em frente", conclui.

Para conhecer mais sobre o trabalho de Guilherme e Marcos no projeto DoubleDrop, clique aqui.


Guilherme Cardoso


Marcos Conti e Guilherme Cardoso no projeto DoubleDrop


Guilherme e Marcos formam o projeto DoubleDrop


Guilherme se apresenta em Marília neste sábado, 9


Redação AssisCity/ Fotos: Divulgação
+ VEJA TAMBÉM