21 de Outubro de 2018
17º/33º
NOTÍCIAS » REGIÃO

Mulher procura a Polícia para reclamar de queda em ônibus

A declarante está com dores após ser jogada para cima e cair no banco

Uma doméstica de 61 anos esteve na noite de quinta-feira no Plantão Policial de Assis para se queixar de um acontecimento do dia 31 de dezembro de 2017, mas que ainda lhe causa dores pelo corpo, 11 dias depois. Ela relatou que no último dia do ano passado, por volta das 18h30, estava em um ônibus circular indo para sua casa, na Vila Progresso e o veículo transitava pela Avenida Dom Antônio, passou por um obstáculo sem diminuir a velocidade.

Com o solavanco, foi jogada para cima e ao cair no banco começou a sentir dores na coluna. A motorista do ônibus teria comentado com ela que o freio não havia funcionado normalmente. A passageira foi até o ponto onde pretendia descer, ainda com dores.

No primeiro dia de 2018 esteve na UPA em razão das dores que sentia, onde foi atendida e liberada depois que foi realizado exame de Raio X. Passados 11 dias do incidente, ainda diz sentir dores na região lombar. Declarou que por este motivo é que não esteve antes na delegacia para registrar queixa e solicitar exame de corpo de delito.

Redação AssisCity/ Foto: Arquivo
+ VEJA TAMBÉM