21 de Outubro de 2018
17º/33º
NOTÍCIAS » REGIÃO

Apesar de proibição, eleições tiveram derrame de santinhos e propagandas irregulares em Assis

Quatro pessoas foram encaminhadas à delegacia neste domingo, 7

O primeiro turno das eleições presidenciais ocorreram neste domingo, 7, em todo o território brasileiro. Em Assis, a votação ocorreu de forma tranquila, apesar dos registros de algumas ocorrências.

Misael da Silva Maia é chefe de cartório da 15ª Zona Eleitoral. Ele conta que algumas pessoas foram encaminhadas para a delegacia devido à propaganda irregular.

"Até o momento, fomos informados de que quatro pessoas foram encaminhadas pela Polícia Militar até a delegacia, pois estavam com bandeiras de candidatos em frente às escolas. Algumas pessoas e até mesmo candidatos talvez tenham se confundido pelo fato da lei permitir a manifestação silenciosa do eleitor, inclusive com bandeiras. Porém, houve um equívoco na interpretação, já que o Tribunal Superior Eleitoral liberou apenas no momento que o eleitor estava indo para votar e no retorno para sua casa. Ninguém pode ficar parado com a bandeira em frente à escola, pois isso configura propaganda irregular. A PM, que já estava orientada nesse sentido, conduziu as pessoas para a delegacia, onde foi elaborado um Boletim de Ocorrência. Pode ser que outros casos sejam informados ao longo desta semana, os quais deverão ser protocolados no Cartório Eleitoral e o Ministério Público tomará conhecimento”, afirma.

Também foi registrado derrame de santinhos em diversas escolas, prática que havia sido proibida pelo juiz eleitoral.

"Houve uma determinação do juiz eleitoral que proibia o derrame de santinhos. O Cartório Eleitoral expediu diversos ofícios, inclusive para que os partidos e seus filiados não praticassem essa ação, que é crime. Apesar disso, tivemos diversas ocorrências nos pontos de votação, mas nenhuma em flagrante. Além de ser um crime eleitoral, também temos a questão ecológica, pois essa prática contraria a preservação do meio ambiente, além de ser um perigo para os próprios eleitores. Tivemos um tempo chuvoso e aquela quantidade de materiais poderia fazer com que as pessoas, especialmente os idosos, sofressem quedas. Neste ano não tivemos informações de acidentes, mas é uma situação que nos deixa triste, pois ainda não tivemos a conscientização de todos”, conclui.


Apesar de proibido, derrame de santinhos ocorreu em frente às escolas de Assis


Ruas ficaram sujas com materiais de campanha


Além de irregular, prática gera risco para eleitores, especialmente os idosos


Proibição foi determinada pelo juiz eleitoral de Assis, mas não foi cumprida


Redação AssisCity/ Fotos: AssisCity
+ VEJA TAMBÉM