18 de Novembro de 2018
17º/33º
NOTÍCIAS » REGIÃO

Mulher dá à luz a um menino em rodovia de Marília

O pequeno Natan Rafael veio ao mundo com 3,585 kg e 50 centímetros

A Entrevias Concessionária de Rodovias registrou o primeiro nascimento de uma criança na SP-333, em Marília, desde que assumiu a administração do trecho entre os municípios de Florínea e Borborema, em julho de 2017. O parto, ocorrido no dia 27 de outubro, perto das 21h, teve a ajuda da equipe médica da Concessionária no SAU 5 (Serviço de Atendimento ao Usuário), localizado no km 320+980, próximo ao Country Club.

Kássia de Oliveira seguia de Guarantã para o hospital Gota de Leite, em Marília, onde seria atendida. Ela procurou o hospital da cidade depois de começar a sentir fortes dores na noite de sábado. Lá, a equipe decidiu encaminhá-la para o atendimento especializado do hospital de Marília. "Durante o dia eu não senti muita dor, mas quando entrei no carro para ir a Marília a dor aumentou bastante”, explica Kássia. Antes de chegar ao destino, a enfermeiro que acompanhava Cássia alertou o motorista da ambulância sobre a possibilidade do parto ocorrer ali mesmo, na estrada. Foi quando o condutor decidiu buscar ajuda no SAU da Entrevias, onde encontrou a equipe comandada pela médica Karina Vilariço, intervencionista na São Francisco Resgate, empresa parceira da Entrevias.

De acordo com a ela, a mãe estava bastante calma e a criança já tinha começado a nascer. "Foi um parto muito tranquilo. Nós terminamos de puxar o bebê e cortamos o cordão umbilical. Depois, com ele em minhas mãos, enrolei a criança em uma manta aluminizada, fizemos a aspiração e colocamos o clamp umbilical”, descreve Karina. Todo o procedimento com a criança foi feito dentro da USA (Unidade de Suporte Avançado) da Concessionária.

O aquecimento da criança e a aspiração das vias aéreas e da boca, que consiste na remoção de secreções acumuladas, são importantes procedimentos logo após o nascimento, principalmente para facilitar a respiração da criança. "O atendimento médico em uma estrutura adequada para os primeiros atendimentos são muito importantes, pois o bebê pode nascer com muita dificuldade em respirar. Em uma situação de risco maior, poderíamos nos deparar com uma circular de cordão, que é quando o bebê nasce com o cordão umbilical enrolado no pescoço”, explica Karina. A USA da Entrevias é uma UTI Móvel e possui todos os equipamentos necessários em situação de emergência até a remoção para o hospital.

O pequeno Natan Rafael veio ao mundo com 3,585 kg e 50 centímetros. Mãe e filho foram encaminhados posteriormente para o Hospital das Clínicas, de Marília. Eles retornaram na terça-feira, dia 30, para Guarantã. "Gostei muito do jeito como me atenderam na rodovia, superpreocupados com o nenê”, finaliza a mãe.

Kássia de Oliveira e a médica Karina Vilariço, com o Natan Rafael no colo


Assessoria Entrevias
+ VEJA TAMBÉM