23 de Fevereiro de 2019
17º/33º
NOTÍCIAS » SAÚDE

Câncer de pulmão é o segundo tumor mais frequente no Brasil

Tabagismo é o maior fator de risco para a doença

De acordo com o Instituto Nacional de Câncer (Inca), o câncer de pulmão é o segundo mais comum no Brasil, ficando atrás apenas do câncer de pele do tipo não melanoma. A previsão do instituto é de que em 2019 sejam diagnosticados mais de 31 mil novos casos de câncer de pulmão no país. E o principal vilão responsável pela alta incidência desse tipo de tumor é o tabagismo.

"O uso de tabaco corresponde a mais de 90% dos casos de câncer de pulmão no Brasil. Quanto mais cigarros a pessoa fuma por dia e quanto mais tempo a pessoa fumar na vida, maior será a probabilidade de desenvolver câncer de pulmão", alerta William Nassib William Júnior, diretor médico de Oncologia Clínica e Hematologia do Centro Oncológico da BP - A Beneficência Portuguesa de São Paulo.

Tratamento personalizado

Ao identificar os sintomas como cansaço, fraqueza, perda de peso, tosse persistente, respiração curta, perda de fôlego, escarro com sangue, rouquidão e dor no peito, a pessoa deve buscar ajuda médica. Para maior assertividade no tratamento é importante procurar por um polo de saúde que proporcione assistência integrada no tratamento do câncer.

"No Centro Oncológico da BP, estruturado no modelo de cancer center, equipes multidisciplinares discutem cada caso de forma personalizada para definir a melhor estratégia de tratamento, garantindo segurança e qualidade de vida para os clientes", explica William Nassib William Júnior.

O oncologista ressalta que, para se manter saudável, é fundamental não fumar e não ficar exposto à fumaça do tabaco, além de manter uma dieta balanceada, praticar atividades físicas e ter um acompanhamento médico.

Para falar mais sobre este e outros assuntos, a BP possui um time reconhecido de profissionais atuantes em várias especialidades médicas. Não deixe de nos procurar quando necessitar de uma fonte médica para sua pauta.


O uso de tabaco corresponde a mais de 90% dos casos de câncer de pulmão no Brasil


+ VEJA TAMBÉM