16 de Julho de 2019
17º/33º
NOTÍCIAS » REGIÃO

Visitante é flagrada com garrafas de refrigerante "adulteradas” na Penitenciária de Assis

Durante inspeção do produto, agentes sentiram forte odor etílico nas duas garrafas

A Secretaria da Administração Penitenciária (SAP) informa sobre as tentativas de burlar a vigilância de agentes penitenciários no último final de semana, dias 13 e 14 de abril.

Todos os casos foram registrados por meio de Boletim de Ocorrência e os visitantes flagrados foram automaticamente suspensos do rol de visitas.

Em cada uma das apreensões, os presos ficam isolados e respondem a Procedimento Disciplinar para apurar a cumplicidade daqueles que receberiam os materiais ilícitos.

Assis

Em 13/04, por volta das 11h40, na Penitenciária de Assis, uma visitante foi pega tentando levar ao irmão preso duas garrafas de refrigerante. Ao passar pelo equipamento de raio-x, a servidora notou algo errado nas garrafas. Ao abrir a tampa para fazer a inspeção do produto, sentiu forte odor etílico nas duas garrafas.



Presidente Venceslau

Na Penitenciária "Maurício Henrique Guimarães Pereira", a P2 de Presidente Venceslau, uma visitante foi surpreendida no sábado, 13/04, com maconha escondida dentro de um pote com salada de legumes,junto com seus pertences.



Riolândia

Na Penitenciária "João Batista de Santana", em Riolândia, no último sábado, dia 13/04, por volta das 9h50, uma mulher foi surpreendida pelas servidoras da unidade prisional portando um microcelular e dois chips eletrônicos. Os acessórios estavam introduzidos na genitália da visitante que foi pega na hora da revista padrão. A mesma mulher retirou os ilícitos em local apropriado.

Presidente Bernardes

No sábado, dia 13/04, na Penitenciária "Silvio Yoshihiko Hinohara", de Presidente Bernardes, agentes flagraram quatro visitantes escondendo celulares em suas partes íntimas. Os objetos foram vistos quando as pessoas foram submetidas ao escâner corporal instalado na unidade.

Osvaldo Cruz

Na Penitenciária de Osvaldo Cruz, em 14/04, após passar pelo aparelho de escâner corporal, uma visitante foi impedida de entrar na unidade. O equipamento utilizado na revista apontou um celular que estava introduzido em sua genitália.

Mirandópolis

Na Penitenciária "Nestor Canoa”, de Mirandópolis, agentes flagraram, em 14/04, dois tabletes de maconha que estavam dentro de uma vasilha de plástico, escondidos entre os alimentos. A comida chegou a passar pelo aparelho de raio-x quando os itens foram identificados.

Lavínia

Já em 13/04, na Penitenciária "ASP Paulo Guimarães”, a P3 de Lavínia, por volta das 9h, os pais de um sentenciado levavam na alça da bolsa da sacola de comida um pedaço de estanho. Ao abrirem a vasilha de comida, agentes acharam, ainda, fermento granulado. Os visitantes foram questionados sobre o fato e disseram não ter conhecimento da proibição. Na Penitenciária "Luis Aparecido Fernandes”, a P2 de Lavínia, em 13/04, uma visitante passou pelo escâner corporal, que apontou um aparelho celular. Logo em seguida, a mulher retirou o acessório voluntariamente de suas partes íntimas. Na mesma data, outra mulher foi submetida detector de metais e ficou constado que havia algo de metal em seu corpo. Indagada, a moça alegou que trazia um aparelho celular. Posteriormente, ela o retirou de suas partes íntimas o referido aparelho. Na Penitenciária Vereador Frederico Geometti de Lavínia, agentes impediram que um maço de cigarros contendo maconha entrasse na unidade.

Flórida Paulista

Na Penitenciária "AEVP Cristiano de Oliveira”, de Flórida Paulista, no último domingo, dia 14/04, uma visitante foi flagrada tentando entrar com duas placas de microcelular. O fato ocorreu durante o procedimento de revista no Setor de Portaria, quando agentes penitenciárias notaram certo nervosismo por parte da mulher que, ao ser submetida à revista do escâner corporal, foi surpreendida pela imagem apresentada, escondendo em suas íntimas um invólucro com duas placas de micro aparelho de telefonia celular. Ao ser questionada, a visitante confirmou a posse ilegal, retirando-o do corpo em seguida.

Andradina

No dia 13/04, na Penitenciária "Asp Anísio Aparecido de Oliveira”, de Andradina, uma visitante foi flagrada com maconha escondida em suas partes íntimas. Ela foi flagrada ao ser submetida ao aparelho de escâner corporal da unidade. Após ser questionada pela servidora, a visitante entregou espontaneamente um volume. Já dia 14/04, na mesma unidade prisional, outra visitante foi impedida de entrar por esconder maconha em suas partes íntimas. Horas depois, uma outra visitante foi pega escondendo um celular no meio de roupas de crianças as quais trazia em uma sacola.



Imprensa SAP
+ VEJA TAMBÉM