07 de Dezembro de 2019
17º/33º
ENTRETENIMENTO » COMPORTAMENTO

POLÍCIA: Cliente faz boletim de ocorrência contra banco de Tupã

A espera no setor de autoatendimento da agência é proibida pela gerência. Usuários fazem filas do lado de fora do prédio.

Uma cliente fez boletim de ocorrência na manhã da última sexta-feira, dia 1, após desentendimento com funcionários da Caixa Econômica Federal, na Avenida Tamoios.

A cliente disse que tem visto crianças, idosos e doentes esperarem por cerca de meia hora do lado de fora até a abertura da agência, inclusive sob o sol, com calor que ultrapassa a média dos 35ºC.

A cliente de nome preservado disse que as pessoas estão proibidas de esperar clientes ou familiares, no espaço do autoatendimento da agência, sob alegação de possíveis furtos ou roubos. A usuária fez o desabafo em suas redes sociais e teve mais de 300 interações.

"Concordo, mas quem me garante que quem está do meu lado fingindo fazer alguma transação também não está lá pra roubar? Eu entendo a questão da segurança, mas coloquem mais seguranças lá (...) algumas cadeiras pra sentar e não ficar tumultuado. Eu já havia feito uma queixa dentro da agência”, disse em sua rede social.

A cliente disse que, em instantes, uma gerente explicou a norma do banco de proibir a espera de pessoas no local.

A cliente perguntou para um dos funcionários, que aparentava demonstrar nervosismo com suas alegações, se ele faria o mesmo com sua mãe. "Ele disse: ‘Minha mãe chega às dez’. Respondi: ‘Chega porque tem carro’. A maioria aqui vem de sítio, Varpa, Universo, Parnaso, onde necessitam de condução mais cedo e não têm onde ficar”, afirmou. "A partir do momento que a agência está aberta ali no autoatendimento, é lugar comum e qualquer um pode ficar”, acrescentou.

A cliente solicitou o aumento de segurança no local e disse que as pessoas que têm veículos e possuem mais comodidade podem ir ao banco no período da tarde, quando as filas são menores. "Nós que usamos o autoatendimento, ficamos na sombra e, já sabendo que tem fila em determinados horários, podemos ir mais tarde se isto nos incomoda”, afirmou.

A cliente disse que se alterou diante do descaso com as pessoas, que não poderiam esperar dentro da agência, na área comum, de autoatendimento.

Após a discussão, funcionários do banco acionaram a Polícia Militar para retirar a cliente de dentro da agência. A cliente deixou a agência bancária e foi para a Delegacia de Polícia, onde fez um boletim de ocorrência, insatisfeita com o atendimento do banco. Com toda razão.

A redação do TupaCity tentou entrar em contato com a gerência da Agência Caixa de Tupã que nos forneceu o número da Assessoria de Imprensa do banco. Nós tentando contato com a Assessoria de Imprensa, mas não obtivemos êxito. O TupaCity.com esclarece que o espaço está aberto para o esclarecimento da parte envolvida.

Atualização às 20h do dia 04/02/2019.

Redação Diário de Tupã
+ VEJA TAMBÉM