20 de Novembro de 2019
17º/33º
ENTRETENIMENTO » COLUNISTAS

Quem veste a carapuça tem todo o direito de permanecer calado

COLUNISTA - Isabella Nucci

De acordo com meu humilde entendimento, as novas regras da aposentadoria, por enquanto, só valem àqueles que já trabalham ou possuem renda fixa. Isto é, quem está desempregado, assim como os autônomos, vai literalmente acarretar para si mesmo os desarranjos herdados pelos desgovernos anteriores, os mesmos que enfiaram o Brasil numa tamanha crise que, independente de qualquer mudança, ainda patrocina a nação brasileira.

Se fizermos um comparativo, claro que não veremos nenhum ganho ou prejuízo extra ao contexto atribuído no salário. Isto se dá, ainda segundo minha ótica aprendiz, devido ao fato dos gastos públicos terem sido desviados até o ponto em que restaram, apenas, migalhas para nossos bolsos. Pois é, infelizmente ou fatalmente, o Novo Governo, embora eficaz, mal tem recursos para eventuais medidas construtivas à Reforma da Previdência. Há itens pendentes de possíveis reajustes no futuro, sim. Porém, tais reparos irão passar por várias aprovações, além das emendas parlamentares que podem, inclusive, tacar mais lenha na fogueira do sistema.

Em outras palavras, temos que esperar longos anos e, portanto, demais partidos políticos atuarem como "gambiarras” em exercício superior aos (des)serviços que o presidente está submetido. Afinal, o que esperar de uma quadrilha comandada pelos três poderes? O que, em pleno caos secular da mídia, Bolsonaro pode fazer, a não ser desmentir as falácias?

A bagunça que virou o PSL é tudo consequência de acusações difamatórias e intrigas da subversão. Pois nesse contexto, caríssimos, não são apenas os laranjas que contaminam o repertório das injustiças. Reflitam: só porque Bolsonaro é o líder da colheita, nem isto significa que não haja frutos podres em seu meio. Verdade ou mentira minha? Decidam vocês.

Divulgação
Isabella Nucci
Isabella Nucci 💫 Jornalista 0084311/SP
+ VEJA TAMBÉM