07 de Abril de 2020
17º/33º
NOTÍCIAS » DESTAQUE

Isolamento social aumenta acesso à internet e provedores têm que manter qualidade durante picos

Provedor OAI está preparado para atender os clientes de Assis e região

Divulgação


Diversas medidas de isolamento social já estão sendo adotadas no Brasil e no mundo para evitar a propagação do Coronavírus. Escolas já suspenderam aulas e empresas também têm optado pela prática de home office.

Consequentemente, aumenta também o acesso à internet e os provedores que estão preparadas para aguentarem os picos de acesso, especialmente em horários mais cedo que o normal, certamente vão cativar ainda mais os seus clientes.

A Anatel (Agência Nacional das Telecomunicações) já está acompanhando esse movimentar das empresas e provedores, mas a pergunta que não quer calar é: a internet vai entrar em colapso?

O provedor OAI atende clientes em Assis, Cândido Mota e Palmital, e está preparado para atender à demanda com a melhor qualidade de internet fibra óptica de toda a região.

Divulgação


"Nós investimos muito em tecnologia e sabemos que, neste momento, muitas pessoas têm se conectado além do habitual. Por isso, salientamos que todos os clientes e quem ainda não é cliente pode contar conosco, pois temos a estrutura necessária para manter uma excelente conexão e com as vantagens que só a OAI tem", afirma o provedor.

Além da internet fibra óptica mais rápida, a OAI também conta com suporte remoto para que você não precise sair de casa em caso de algum problema de conexão. Os funcionários são treinados e estão à disposição dos clientes pelo telefone, call center e WhatsApp, tudo para sua melhor comodidade e segurança.

Leia também: Clientes OAI têm suporte remoto e presencial para soluções de problemas técnicos

Além disso, o atendimento pode ser feito além do horário comercial. De segunda a sábado, das 8h às 22h, enquanto aos domingos é das 10h às 16h.

Se você quer garantir o bom funcionamento da sua internet durante essa grande mudança de hábitos, seja ultraconectado com a OAI.

Redação AssisCity/ Fotos: Divulgação
+ VEJA TAMBÉM