23 de Maio de 2022
20º/30º
Entretenimento - Blog

3 dicas para curtir o réveillon com segurança

DJ Ilka Oliver comenta sobre experiências em shows pós-pandemia e dá dicas de como participar de eventos de maneira saudável

A pandemia de covid-19 alterou a forma de viver a rotina, mas este ano, com o avanço da vacinação e a flexibilização de medidas de segurança, muitos eventos voltaram a acontecer. Porém, para a DJ Ilka Oliver, ainda é necessário manter medidas de proteção para evitar que um novo cenário pandêmico aconteça e os eventos sejam proibidos novamente. "Tive a oportunidade de realizar alguns trabalhos após a flexibilização de medidas. Por isso, consigo falar sobre o que vi acontecer", explica a artista.

Para ela, um dos principais pontos é a facilidade com a qual o uso de máscaras fica desmedido dentro de grandes eventos. "Devemos prezar sempre pela segurança coletiva. Após o início dos eventos, geralmente as pessoas deixam de usar as máscaras, por isso, sugiro que haja sempre uma fiscalização para evitar que as pessoas esqueçam da proteção", opina.

Nesse contexto, a artista preparou uma lista com 3 dicas de comportamento para que a virada do ano de 2022 seja aproveitada de maneira segura.

1 - Limite de público: "Entendo que é o momento que todos estão buscando festas e comemorações de maneira incisiva, porém, é necessário sempre respeitar a capacidade de público dos locais, já que os cálculos são feitos para manutenção da segurança saúde de todos os envolvidos. Este ponto já era importante antes da pandemia e agora é ainda mais", explica a DJ.

2- Evitar dividir copos: "Acontece muito em festas, um grupo de amigos, por exemplo, começa a dividir copos ou beber na mesma garrafa e, mesmo que antes isso fosse algo totalmente banal, acredito que ainda não é o momento de comportamentos assim acontecerem novamente", opina.

3- Optar por eventos em ambientes abertos: "Sei que a maioria dos eventos noturnos, por exemplo, é feito em locais fechados. Porém, o réveillon é uma boa oportunidade de escolher ambientes abertos. Assim, você pode observar os fogos e prezar pela sua saúde também. Pense nisso ao escolher o local da virada", aconselha Ilka Oliver.
Divulgação / MF Press Global
Bem-Estar
+ VEJA TAMBEM