24 de Outubro de 2020
20º/30º
NOTÍCIAS » BRASIL

Marte chegará mais perto da Terra nesta terça (6) do que nos próximos 15 anos

O planeta estará visível à noite durante o mês de outubro e alcança a posição mais alta no céu por volta da meia-noite.

Se você viu uma estrela vermelha brilhante próxima à Lua cheia ao longo do último fim de semana, na verdade, era Marte, espalhando sua luz avermelhada no céu noturno. O planeta estará visível à noite durante o mês de outubro e alcança a posição mais alta no céu por volta da meia-noite.

Mas nem sempre Marte aparece dessa maneira. Por que, então, Marte está brilhando tanto?

O planeta vermelho está fazendo sua maior aproximação da Terra às 9h18 desta terça-feira (6). Marte estará a 62 milhões de quilômetros do nosso planeta, e não chegará tão perto até 2035.

Em 2003, o planeta chegou mais perto da Terra do que nos 60 mil anos anteriores, a 55 milhões de quilômetros.

Na próxima semana, a Terra vai se alinhar a Marte e ao Sol. Esse evento, chamado de oposição de Marte, ocorre em 13 de outubro, de acordo com a Nasa.

Marte e a Terra não orbitam o Sol em círculos perfeitos, nem mesmo no mesmo plano. Em vez disso, os planetas têm órbitas elípticas — em formato ovalado.

Por exemplo, enquanto a Terra leva 365 dias para dar uma volta no astro-rei, Marte leva 687 dias. Quando a Terra está se aproximando do Sol, Marte se afasta dele.

Outros planetas

Além do brilhante Marte, procure por outros planetas iluminando o céu.

Vênus continua sendo o terceiro objeto mais brilhante do nosso céu, atrás somente do Sol e da Lua, e é visível ao amanhecer.

Assim que Marte sumir de vista, Júpiter também brilhará forte e Saturno será visível, a leste de Júpiter.

Isso é porque Júpiter e Saturno estão em conjunção. Os dois maiores planetas do sistema solar estão tendo uma reunião rara, que acontece uma vez a cada 20 anos.

Essa conjunção será em 21 de dezembro deste ano, mas ambos os planetas estão visíveis para nós, pertinho um do outro, e ficarão assim até o fim do ano.

Júpiter é mais brilhante do que o restante das estrelas, enquanto Saturno emana um brilho dourado.

Aproveite essa rara oportunidade de vê-los tão próximos no céu noturno.
CNN
+ VEJA TAMBÉM