04 de Junho de 2020
14º/27º
NOTÍCIAS » BRASIL

Vacinação contra Febre Aftosa é realizada até 31 de maio

Devido à pandemia da Covid-19, a comprovação da vacinação contra a doença deverá ser realizada, preferencialmente, por meio dos sistemas informatizados, correio eletrônico ou outras soluções à distância

Mesmo em meio à pandemia da Covid-19, está confirmada a Campanha de Vacinação contra a Febre Aftosa 2020, até o dia 31 de maio, pelo Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento (MAPA).

A informação é da Prefeitura de Paraguaçu Paulista, por meio do Departamento de Agricultura. "O objetivo da campanha é manter o rebanho sadio e o reconhecimento do gado criado em áreas livres da febre aftosa”, informa o diretor da pasta, Sérgio Campos.

Devido à pandemia da Covid-19, Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento (MAPA) orienta que a comprovação da vacinação contra a doença deverá ser realizada, preferencialmente, por meio dos sistemas informatizados, correio eletrônico ou outras soluções a distância.

Cuidados importantes

O diretor Sérgio Campos salienta que, em virtude do atual cenário, em decorrência da pandemia da Covid-19, é recomendado ao produtor rural o uso de máscara de proteção ao se deslocar até o estabelecimento para a compra da vacina.

"A vacina de 2 mililitros deve ser adquirida em estabelecimento credenciado para a revenda e conservada em temperatura entre 2 ºC e 8 ºC do momento da compra até a vacinação. Recomenda-se também programar a aplicação para os horários mais frescos do dia”, acrescenta Campos.

O que é a doença

A febre aftosa é uma zoonose causada por vírus altamente contagioso. A doença é transmitida pela saliva, nas aftas, no leite, no sêmen, na urina e nas fezes dos animais doentes. Inquietação, salivação (babeira), lesões na boca e nas patas são alguns sintomas.

"Você produtor, está sendo convocado a participar desta Campanha 2020, em Paraguaçu Paulista”, diz o diretor Sérgio Campos.

Divulgação
+ VEJA TAMBÉM