29 de Janeiro de 2023
20º/30º
Entretenimento - Colunistas

4 passos para a prevenção da saúde do homem

COLUNISTA - Cláudia Bueno

Último domingo de novembro, e reservamos esta coluna que fala de exercício físico e saúde para falar sobre um assunto muito importante: NOVEMBRO AZUL, o mês eleito pelos brasileiros para nos aprofundarmos sobre o câncer de próstata que atinge muitos homens ao redor do mundo.

Sem delongas por hoje, vou trazer algumas orientações que o Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva (INCA) lista sobre atividade física e câncer.

Nessas orientações encontramos quatro passos para a atividade física e o câncer de forma simples e objetiva, espero que você se anime a se cuidar, e que isso sirva para você compartilhar saúde com seus parentes e amigos mais próximos. Nosso trabalho por aqui é informar de uma forma leve, mas nunca sem esquecer da importância da nossa saúde.

Divulgação - Colunista - Cláudia Bueno - Foto: Divulgação
Colunista - Cláudia Bueno - Foto: Divulgação


Melhor que tratar uma doença, nós como profissionais de Educação Física atuamos na prevenção delas. O ditado "prevenir é melhor que remediar" faz todo sentido: nosso remédio é a prática de exercícios, sendo que por muitas vezes ela não custa nada, ou bem menos que os remédios disponíveis por aí e traz inúmeros benefícios.

Quatro passos sobre atividade física e câncer (resumidamente):

1 - Pessoas com e sem diagnóstico de câncer PODEM praticar regularmente atividade física. Praticar ao menos 150 minutos semanais de atividade física de intensidade moderada, ou, ao menos, 75 minutos semanais de atividade física de intensidade vigorosa, ou, ainda, uma combinação equivalente de atividades moderadas e vigorosas;

2 - Todo movimento conta. Mesmo que não se atinja o tempo recomendado, a prática regular de atividade física reduz o risco de desenvolver câncer e a mortalidade por câncer;

3 - A prática de atividade física para sobreviventes do câncer é tolerável e segura, inclusive quando praticada durante o tratamento oncológico (quimioterapia, radioterapia, terapia hormonal ou outros). Considere particularidades para cada tipo de câncer, contraindicações e possíveis efeitos adversos causados pelo tratamento ao recomendar a prática de atividade física;

4 - Ao recomendar atividade física, considere preferências, disponibilidade de tempo e local apropriado para a prática.

Programas de atividade física podem ser encontrados em serviços públicos de saúde, educação, esporte e lazer, ou, ainda, em clubes, centros de convivência comunitários e outras instituições. Converse com as pessoas sobre esses programas, sugira que elas pesquisem locais de funcionamento destes programas.
Divulgação
Cláudia Bueno
Cláudia Bueno, Educadora Física - CREF/PR: 017404
+ VEJA TAMBEM