04 de Agosto de 2020
20º/30º
ENTRETENIMENTO » COLUNISTAS

Brasil, qual é seu negócio?

COLUNISTA - Professor Thiago Hernandes

Começo este breve ensaio retomando um trecho da música "Brasil", nacionalmente conhecida, composta e interpretada por Cazuza.

Assim começa: "Não me convidaram pra essa festa pobre; Que os homens armaram pra me convencer; A pagar sem ver toda essa droga; Que já vem malhada antes de eu nascer...”

Composta na década de 80 do século XX, acredito que a mesma nunca foi tão atual em sua essência, considerando a realidade vivenciada em nosso país.

Observando os estragos sociais e econômicos todos os dias vinculados ao avanço do Covid19, enquanto educador e acima de tudo como cidadão, venho me questionando o que é efetivamente verdade de tudo que é noticiado, o que poderia ser feito de melhor, o que foi e/ou está sendo feito de errado no âmbito gerencial dessa pandemia.

Mesmo sabendo que muitos questionamentos não dispomos de respostas imediatas, e que somente o tempo trará, vale algumas observações:

. O país nunca foi justo com boa parte de sua população. O descaso e a indiferença para com os direitos e as necessidades dos indivíduos parece ser sua marca.

. Em momentos de crise, há uma mobilização política, porém, sempre desarticulada, e os resultados ficam comprometidos.

• Muitas lideranças políticas estão usando da atual fragilidade politica e social para promoção da imagem pessoal, visando quem sabe, bom desempenho nas urnas;

• É citado como mazela da Covid19, ajuda a milhões de brasileiros por receberem o auxílio emergencial do Estado. Ora, boa parte desses beneficiários sempre existiram e estiveram onde estão - a margem da sociedade - ignorados pelo Estado. Sem casa, trabalho e escolaridade. Lembramos aqui que muito antes dessa pandemia o país já somava 12 milhões de desempregados.

• Como reagir vendo pessoas que lutam honradamente todos os dias para prover o sustento do lar e suprimento das demandas cotidianas, ter a vida transformada de forma drástica, quando tantas empresas e pequenos e médios comerciantes fecham suas portas?

Penso que o país necessita urgentemente de ações mais efetivas e descomplicadas.

Dentre estas ações cito:

. Adoção de discurso presidencial que passe segurança à população e ao mundo dos negócios;

• Maior agilidade na tomada de decisões e adoção das medidas de enfrentamento;

• Fim das "vaidades” pessoais que vêm mostrando o despreparo gerencial;

• Criação e aplicação de um programa visando o bem comum da população.

• Intervenção do Estado de forma a regular lucros justos às instituições financeiras de forma corrigir abusos e alargar campo dos beneficiários.

Sei que posso parecer um sonhador, talvez seja. Mas acredito que quanto mais refletirmos sobre as práticas políticas saindo da zona de conforto, reconhecendo que sozinhos não melhoramos nada, as mudanças necessárias ocorrerão.

Divulgação
Prof. Me. Thiago Hernandes
graduado e mestre em geografia, professor de ensino médio e ensino superior. Dono do canal no youtube, GEOEXPLICA
+ VEJA TAMBÉM