02 de Outubro de 2022
20º/30º
Entretenimento - Colunistas

É junto ou separado?

COLUNISTA - Michelle Orsi

Eu sei, vira e mexe bate aquele desespero quando você quer usar uma palavra ou expressão e não lembra como escrevê-la; na hora vem aquela dúvida: "É junto ou separado?", "Tem acento?", "É com S, C, Ç ou SS?".

Na nossa língua portuguesa, muitas vezes, nos deparamos com palavras iguais, às vezes com o mesmo som, às vezes com a mesma escrita, às vezes com o mesmo som e escrita, mas com significados totalmente diferentes. A incerteza chega ser tamanha que você opta por mudar a frase só para não ter que utilizar aquela palavrinha que está causando uma certa dor de cabeça. Quando isso acontece é sinal de que você precisa aprender os significados e funções das palavras.

Hoje, vamos entender o porquê de usar dois AFINS ao invés de um só (coisa que facilitaria muito nossa vida, diga-se de passagem). Sim, às vezes eu também acho que o português gosta de "zuar" com a gente.

Primeiro temos a locução prepositiva A FIM DE. Não faz essa cara, eu vou explicar! Locução prepositiva é quando um grupo de palavras têm a função de preposição (termo que liga uma palavra a outra - de / a / com / por...). Voltando ao "a fim" ...

Divulgação - Michelle Orsi, empresária e professora de língua portuguesa - Foto: Divulgação
Michelle Orsi, empresária e professora de língua portuguesa - Foto: Divulgação


A locução A FIM DE será escrito de forma separada quando tiver o significado de interesse ("Minha amiga me convidou para a festa, mas não estou a fim de sair esse fim de semana.") ou de propósito-finalidade ("Desta vez, Maria se dedicou bastante aos estudos a fim de conseguir uma vaga na Universidade.") ou subentendido ("Não sei se estou a fim.").

Outrossim, seu par na gramática, AFIM DE, será escrito junto quando apresentar o significado de semelhança: "A enfermagem é uma área afim da medicina.", "Nestas férias viajaremos apenas com nossos familiares e afins.".

Já que os afins estão no seu devido lugar, não há mais a necessidade de você sair por aí mandando mensagens de voz só para não ter que escrever um afim errado - e agora, é junto ou separado?

Até a próxima.
Divulgação - Michelle Orsi
Michelle Orsi
Empresária, professora de língua portuguesa, formada pela UNESP/Assis, mestre em redação e especialista no ensino e correção de redação.
+ VEJA TAMBEM