23 de Setembro de 2021
20º/30º
Entretenimento - Colunistas

Fuja das toxidades sempre que possível

COLUNISTA - Professor Thiago Hernandes

Em tempos de incertezas, em que diferentes campos da existência humana são afetados, muitos são os fatores, os elementos e os gatilhos que, direta e/ou indiretamente, roubam, sugam, nossa energia, afetando o nosso bem-estar e a nossa saúde.

Passar ileso por momentos difíceis, delicados, que alteram a nossa rotina, os nossos projetos, é impossível.

Há mais de um ano estamos enfrentando caos sanitário e econômico. E o atual normal está exigindo exercício diário na busca por um maior e melhor equilíbrio emocional para que possamos sobreviver a todo este turbilhão e sairmos com a menor quantidade de sequelas.

Mas como fazer isso? Como não acumular pensamentos e desenvolver atitudes tóxicas? Quais os caminhos e as atitudes que devem ser tomadas?

O primeiro passo é entender que o caminho é longo e os desafios não são fáceis, mas a adoção de escolhas assertivas pode contribuir de forma positiva nesse processo. Algumas ações ajudam, vamos lá:

• Evite sempre que possível ambientes, assuntos e pessoas que não fazem bem;

• Busque um tempo voltado somente para você. Técnicas de relaxamento, exercícios físicos e boa leitura ajudam muito;

• Entenda que como seres humanos somos frágeis, temos medos e limites. Mas também podemos ser fortes.

• Saiba que você não é responsável por tudo e nem por todos! Cada um exerce seu livre arbítrio;

• Busque por ajuda profissional, sempre que necessário;

•Edifique relações que fortaleçam;

• Desvie de discussões que não levarão a lugar algum. É melhor ser feliz do que tentar provar que está certo para quem não quer ouvir e/ou entender.

• Não relute nos momentos que o medo, o choro ou a incerteza chegarem. Vivencie as emoções e tire proveito delas.

• Compreenda que o mais importante da vida é estar vivo e ter saúde é a maior riqueza.

• A fé, a religiosidade, emergem como pontos de grande valor na busca por maior resiliência, força, humanismo, entendimento e superação.

Mesmo que você pratique tudo isso, pode ter certeza que em muitos momentos as fraquezas ocorrerão.

Levante a cabeça, e como disse Raul Seixas na música - Tente Outra Vez - "Não diga que a canção está perdida; Tenha em fé em Deus, tenha fé na vida; Tente outra vez; Beba; Pois a água viva ainda 'tá na fonte; Você tem dois pés para cruzar a ponte; Nada acabou, não não não; Levante sua mão sedenta e recomece a andar; Não pense que a cabeça aguenta se você parar; Não não não não não não; Há uma voz que canta, uma voz que dança; Uma voz que gira; Bailando no ar; Oh queira; Basta ser sincero e desejar profundo; Você será capaz de sacudir o mundo, vai; Tente outra vez; E não diga que a vitória está perdida; Se é de batalhas que se vive a vida; Tente outra vez"
Divulgação
Prof. Me. Thiago Hernandes
graduado e mestre em geografia, professor de ensino médio e ensino superior. Dono do canal no youtube, GEOEXPLICA
+ VEJA TAMBEM