17 de Agosto de 2022
20º/30º
Entretenimento - Colunistas

No Pain, no Gain?

COLUNISTA - Magali Nascimento

Olá

Mais uma vez terei a satisfação de dividir minha coluna semanal no Assiscity: desta vez, a participação super especial será da Cláudia Bueno, educadora física, influenciadora digital, empreendedora, e que escreve aqui aos domingos.

Na semana retrasada, você teve oportunidade de ler sobre a dificuldade em começar a fazer coisas novas em nossas vidas, como praticar algum tipo de exercício físico, por exemplo.

Isto pode doer um pouco.

O exercício físico é um dano ao corpo, gerando micro lesões, e são nessas micro lesões que chamamos de "dores boas" (ou sem dores), que as fibras musculares se reorganizam, o exercício é um fator de estresse para nosso corpo, por isso tardamos tanto, ele parece uma "agressão" a princípio e depois, ao liberarmos os hormônios de prazer, e tudo que o envolve o mesmo, o enxergamos e o sentimos como sendo mais prazeroso, suportável e até muito divertido.

Mas também existem dores que não trazem nenhuma recompensa durante a prática de esportes. Aliás, podem prejudicar o desempenho em treinos ou competições e são causadas pelo atrito. Estamos falando das dores nos pés.

Existem calçados e meias específicos para o tipo de esportes que você pratica, e escolher bem vai minimizar os efeitos do atrito em seus treinos. Uma podóloga lhe indicará, se necessário, o uso de palmilhas especiais, que absorverão o impacto e corrigirão a pisada.

Os pés são muito exigidos em qualquer tipo de exercício. Eles suportam todo o peso de nosso corpo, multiplicado, conforme a situação. Essa sobrecarga pode causar pequenas ou grandes lesões.

Divulgação - Magali Nascimento e Cláudia Bueno - Foto: Divulgação
Magali Nascimento e Cláudia Bueno - Foto: Divulgação


Você já treinou com calos, dores na planta dos pés, unhas encravadas ou descoladas, frieiras ou bolhas? Provavelmente foi dolorido e desagradável. Estas são apenas algumas das dores que a prática de esportes pode causar.

E não podemos nos esquecer das artes marciais, dos esportes aquáticos e dos de areia. Os cuidados com os pés também são importantes, para evitar acúmulo de fungos e lesões. Boa hidratação, lavar e secar bem e alongamentos são muito importantes.

Manter uma rotina de cuidados com os pés antes e depois dos treinos ou competições, melhorará seu desempenho e vai prevenir problemas.

A Podologia Esportiva se preocupa em eliminar ou minimizar as dores que o esporte pode trazer para seus pés! Clubes esportivos e atletas de esportes individuais entenderam a importância dos cuidados com os pés e incluíram profissionais da área em suas equipes médicas.

Faça o mesmo por você, mesmo que seja apenas para manter (ou adquirir) a forma, por diversão, ou aquele fut de fim-de-semana.

E, é claro, tenha também, o acompanhamento de profissional de educação física.

Pratique esportes.

Beijos!!
Divulgação Magali Nascimento
Magali Nascimento
Podóloga há 10 anos. Técnica em Podologia, pelo SENAC Marília, graduanda em Tecnologia em Podologia pela Unicesumar. Certificada e especialista em knesiopodo, correção de unhas, onicomicose, laser aplicado à Podologia, ácidos e peeling e tratamento de pés diabéticos,
+ VEJA TAMBEM