25 de Maio de 2022
20º/30º
Entretenimento - Colunistas

O que é pegada de carbono e o que ela tem a ver com as mudanças climáticas?

COLUNISTA - Elisa Barbosa

Você já deve ter ouvido falar no termo "pegada de carbono", e, provavelmente, sabe que ele tem a ver com o meio ambiente. Mas, o que é, de fato, pegada de carbono, e por que devemos nos atentar a isso?

Pegada de carbono é uma expressão que descreve a quantidade de gases de efeito estufa (GEE) emitida, direta ou indiretamente, por alguma atividade, produto, indivíduo, comunidade ou instituição. Embora leve a palavra "carbono" no nome, o termo não se refere somente ao dióxido de carbono (CO2). Outros gases que intensificam o aquecimento global, como o metano e óxido nitroso, também entram na conta.

Segundo a WWF, a pegada de carbono da humanidade é a principal causa das mudanças climáticas. Devido ao fato de que geramos emissões gás carbônico em ritmo muito mais rápido do que é possível absorver, existe um acúmulo de gás carbônico na atmosfera e no oceano.

Divulgação - Elisa Barbosa, especialista em ESG - Foto: Divulgação/Arquivo Pessoal
Elisa Barbosa, especialista em ESG - Foto: Divulgação/Arquivo Pessoal


De acordo com a matemática e vice-presidente do IPCC (Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas), Thelma Krug, o ciclo do carbono é o fluxo de carbono em ambientes como atmosfera, oceano, biosfera terrestre e marinha e litosfera. De forma geral, entre as emissões anuais globais de dióxido de carbono, 50% correspondem a um aumento deste gás na atmosfera, 29% são sequestradas pelos oceanos, o que tem acarretado a acidificação do bioma, entre outras consequências, e 19% são removidas pela biosfera terrestre. "As projeções mostram que o aquecimento global causado por emissões antrópicas continuará causando mudanças a longo prazo no sistema climático, como o aumento do nível do oceano", explicou.

É necessário reduzir significativamente a pegada de carbono, para acabar com o abuso ecológico e viver dentro dos limites e meios propiciados pelo nosso planeta, além de ser um passo mais fundamental para conter as mudanças climáticas - resultado mais importante da nossa gastança ecológica em excesso.
Divulgação
Elisa Barbosa
Elisa é advogada atuante na área de migração pelo Instituto ProBono e ProMigra/USP, mestre pela UNESP e consultora em ESG - OAB/SP 365.622
+ VEJA TAMBEM