30 de Novembro de 2021
20º/30º
Entretenimento - Colunistas

Os Direitos Humanos e a Agenda ESG

COLUNISTA - Elisa Cristina Garcia Barbosa

O senso comum traz a ideia de que os direitos humanos se preocupam apenas com questões relacionadas a direitos de presidiários, com o movimento sem-terra, com pessoas em situação de rua, ou, como diz o imaginário popular, é o chamado "direito dos bandidos".

Os direitos humanos, porém, estão presentes desde os primórdios das civilizações, tendo sido codificados em lei específica em 1948, na Declaração Universal dos Direitos Humanos, pela Organização das Nações Unidas (ONU) com o fim da 2ª Guerra Mundial. A dignidade da pessoa humana, defendida já no Preâmbulo da Declaração de 1948, é a base dos direitos humanos e, também, dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentáveis (ODS) da Agenda 2030 da ONU, que fundamentam as práticas de ESG em todo o planeta.

Desta forma, Direitos Humanos e ESG tratam do mesmo assunto, sendo o segundo uma atualização do primeiro, tão importante quanto.

divulgação

Divulgação
Elisa Barbosa
Elisa é advogada atuante na área de migração pelo Instituto ProBono e ProMigra/USP, mestre pela UNESP e consultora em ESG - OAB/SP 365.622
+ VEJA TAMBEM