02 de Dezembro de 2022
20º/30º
Entretenimento - Colunistas

Preconceito não leva a lugar nenhum

Colunista - Cláudia Bueno

O exercício físico é e sempre será bem-vindo em qualquer época, de qualquer forma (desde que bem orientado), para qualquer idade ou gênero.

O câncer mata muitas pessoas no mundo todo, e como estamos no mês de prevenção do câncer de próstata, falaremos mais dele ainda nesta coluna, já que o novembro é dedicado à ele por alguns motivos: conscientização do homem, menos preconceito e auto-cuidado.

Muitos mitos foram construídos em relação aos homens ao longo dos anos, sobre alguns exercícios também, e em pleno século XXI, ainda continuarmos com essa conversa chega a ser decadente.

Todos nós temos o direito e dever de nos cuidarmos, por isso, praticar exercício físico também é um ato de AMOR: amor próprio, amor pela vida que lhe foi concedida, amor pelo seu corpo, pela sua saúde, enfim.

Divulgação - Cláudia Bueno - Educadora física / Foto: Divulgação
Cláudia Bueno - Educadora física / Foto: Divulgação


Muitos dos benefícios do exercício e o câncer de próstata só foram descobertos recentemente com base em muitos estudos. Cientistas no mundo todo estudam sobre o câncer: como impedi-lo, como retardá-lo e como achar uma cura para tal, porém, ainda não temos essa boa notícia, mas temos uma ótima orientação: PRATICAR EXERCÍCIOS!

A massa muscular, força e função física são três dos principais componentes mais estudados quando pessoas com câncer participam de programas de exercício. Esses componentes são particularmente relevantes considerando a alta mortalidade de pessoas com caquexia do câncer (síndrome caracterizada pela perda rápida de peso corporal, força e massa muscular). Então, qual seria o melhor exercício a se praticar?

EXERCÍCIO DE FORÇA (popularmente conhecido como musculação) é eficaz para aumentar a força e a massa muscular, bem como diminuir a gordura corporal de pessoas com câncer submetidos à terapias. É importante destacar, porém, que exercícios físicos orientados, mas realizados em casa sem supervisão, demonstram pouco ou nenhum efeito na massa e força muscular de pessoas com câncer de próstata, diferentemente de quando o exercício é supervisionado.

Isso demonstra a importância da promoção de programas de exercícios supervisionados para aumentar e/ou manter massa e força musculares de pessoas com câncer durante e após o tratamento.

MUSCULAÇÃO, CROSSFIT, TREINAMENTO FUNCIONAL, ARTES MARCIAIS ou qualquer exercício que tenha em sua programação alguns exercícios voltados para a capacidade de FORÇA são e sempre serão ótimas opções para homens, não fique arranjando desculpas, arranje um tempo e vá TREINAR!!!

Informação e preconceito não combinam, é nossa responsabilidade cuidar daquilo que temos de mais precioso: NOSSA VIDA! Grande parte desta coluna hoje foi baseada em um artigo de revisão de Rafael Deminice, 2022.
Divulgação
Cláudia Bueno
Cláudia Bueno, Educadora Física - CREF/PR: 017404
+ VEJA TAMBEM