14 de Junho de 2021
20º/30º
Entretenimento - Colunistas

Salve a Esperança Equilibrista

COLUNISTA - Professor Thiago Hernandes

Estamos no mês de dezembro. Parece que o ano passou rápido demais. Iniciamos 2020 com muitos planos e expectativas, sem suspeitar que um vírus letal nos rondava.

Com certeza este ano não será facilmente esquecido.

Nossa vida foi sacudida, virada de cabeça para baixo. Não escapou ninguém. Até as sociedades orgulhosas da economia globalizada com seus grandes lucros, nunca imaginaram diferentes desordens sociais e econômicas em curto prazo.

No país, os serviços públicos foram postos à prova revelando fragilidades inadmissíveis, sem contar o desencontro de informações. Paralelamente, empresas foram fechadas e o desemprego bateu patamar recorde.

O mundo do trabalho viu-se reconfigurado. Home office, reuniões virtuais, homeschoolingl etc. Um alvoroço acompanhado de muitas incertezas.

Se as crises devem ser vistas como ponto de partida para as mudanças, então é hora de agirmos. É preciso relembrar que somos parte integrante de um gigantesco universo. Influenciamos e somos influenciados. A vida continua a fluir, queiramos ou não.

Segundo o britânico, Charles Darwin, "não são os mais fortes que sobrevivem às mudanças, mas aqueles que melhor se adequam à elas".

Logo, precisamos reavaliar nossas práticas e valores. O que estamos fazendo com tudo que nos cerca?

Esse flagelo nos dá mostra suficiente da nossa falta de respeito à natureza e amor ao próximo.

Todo conhecimento científico e poder financeiro ainda estão longe de vencer a batalha. Algo está errado. Essa pandemia oportuniza rica reflexão.

Desigualdades, carências, despreparo, ausências. Em nosso caso, vários "brasis" sendo revelados.

Aos sobreviventes de ano tão difícil, ficará com certeza o sentimento de gratidão pela graça concedida e a responsabilidade na tarefa de fazer um mundo melhor.

Nesse momento, a esperança que balança como um equilibrista, tem que ser exercitada. Precisarmos estar confiantes que tempos melhores virão, que podemos fazer a diferença. Que tudo é cíclico e sazonal. Nada é permanente.

Que 2021 venha recheado de muita lucidez para boas tomadas de decisões no propósito de um mundo melhor.
Divulgação
Prof. Me. Thiago Hernandes
graduado e mestre em geografia, professor de ensino médio e ensino superior. Dono do canal no youtube, GEOEXPLICA
+ VEJA TAMBEM