19 de Janeiro de 2022
20º/30º
Entretenimento - Colunistas

Exercício físico: prevenção sempre será o melhor remédio

Calendário atualizado com sucesso, 2022 chegou chegando.

Este ano chegou com uma baita responsabilidade: a de nos fazer mais felizes, mais leves, menos depressivos e mais otimistas. Ao que tudo indica, algumas dessas promessas tem dado certo, mas outras já começaram seguindo os mesmos passos dos últimos dois anos, sim, isso mesmo, estou falando do covid-19.

Em meio às notícias, informativos e telejornais, fica impossível não falarmos sobre este assunto nesta coluna, já que falamos sobre saúde, seja ela física, social ou mental.
Calma, não vim falar propriamente do vírus, nem que ainda devemos usar máscaras, álcool em gel e evitar aglomerações no geral para nos proteger.

Eu vim compartilhar com vocês sobre como podemos nos prevenir de todos os males que estão nos rodeando nesses últimos dias, seja covid-19 ou surtos de gripes.
Sabe-se que a prática de exercício físico regular pode auxiliar na resposta imune ao novo coronavírus e suas variantes, e que a obesidade por si só já é um agravante e porta de entrada para inúmeras doenças, especialmente as que já foram citadas acima.

Até aqui nenhuma novidade, acredito que muitos já sabem disso, por isso quero te dar dicas práticas para você começar hoje mesmo a se exercitar a fim de se prevenir desses males e de muitos outros, vamos colocar a mão na massa, e sair desse sedentarismo que não irá te levar a lugar nenhum.

A Organização Mundial da Saúde (OMS), recomenda que indivíduos assintomáticos saudáveis, pratiquem exercícios físicos de moderada intensidade, no mínimo, 150 minutos por semana, vou facilitar por aqui: 21 minutos/dia ou 50 minutos 3x/semana.Tais práticas devem INCLUIR exercícios físicos aeróbicos e de força, exercícios físicos indoors ou outdoors, seguindo as regras governamentais de cada região do país.

Há orientação que a atividade física deve ser interrompida ao início de algum sintoma como febre, dores no corpo, dispnéia e tosse seca, buscar ajuda de um profissional capacitado ou um hospital, e em hipótese alguma que seja feita a automedicação, sendo que os sintomas podem ser agravados pelo uso indevido de medicamentos.

Agora é sua vez de colocar em prática as dicas e informações para começar mais uma semana de 2022, com muita saúde e PREVENÇÃO principalmente, então, CORAGEM: amanhã é segunda-feira!!!

Divulgação - COLUNISTA - Cláudia Bueno
COLUNISTA - Cláudia Bueno

Divulgação
+ VEJA TAMBEM