06 de Dezembro de 2021
20º/30º
Notícias - Destaque

Compras Consorciadas do CIVAP oferecem até 40% de economia para municípios

São 41 municípios participantes do Consórcio Intermunicipal do Vale do Paranapanema

O Consórcio Intermunicipal do Vale do Paranapanema (CIVAP) oferece diversos benefícios aos 41 municípios consorciados, sendo um deles as chamadas Comprar Consorciadas que visam a economia no valor do produto ou serviço.

Segundo Silvia Miranda Gomes, pregoeira do CIVAP, os benefícios das compras consorciadas são inúmeros. "A licitação compartilhada traz racionalidade administrativa, transparência processual, ganho de escala e padronização dos produtos e economia para o município", explicou.

Além disso, a grande vantagem é a economia que as compras consorciadas levam aos consorciados. "De forma ampla a economia para os municípios que fazem uso das compras consorciadas têm sido entre 30 a 40% do valor do produto ou serviço", destaca Silvia.

São diversos os produtos que se encaixam na categoria dessas compras em conjunto, entre elas Medicamentos, luminárias LED, material elétrico, material escolar, kit alimentação, materiais hospitalares, materiais odontológicos, veículos leves, ambulâncias de pequeno e grande porte, mobiliário, notebooks e maquinário pesado como pá carregadeira, motoniveladora e tratores.

Roteiro da solicitação da compra:

a) MUNICÍPIO - Primeiramente existe uma demanda por parte de alguns municípios;
b) CIVAP e MUNICÍPIO montam um Termo de referência;
c) CIVAP verifica a descrição do item enviado para que não haja restrições no momento dos orçamentos;
d) CIVAP verifica o interesse dos demais municípios na mesma aquisição através do envio da solicitação na adesão;
e) MUNICÍPIO retorna com informação da existência ou não do interesse em participar da compra, informado a quantidade e dando autorização de inclusão;
f) CIVAP unifica, formando um único pedido;
g) CIVAP encaminha o pedido para orçamento;
h) Com os orçamentos em mãos, monta-se o mapa de preço com média de valor (obrigatório utilizar mínimo 03 (três) orçamentos de cada item solicitado);
i) CIVAP prepara o Edital com aprovação jurídica;
j) CIVAP publica o Edital;

Após esses processos de início de licitação ocorre a sessão pública, na data e hora marca, com posterior adjudicação e homologação, revogação, anulação ou fracasso.

Após o término do processo licitatório, o CIVAP digitaliza e encaminha o processo completo para o Município que fará o controle.

Responsáveis pelo setor de Licitações Antonio Ivani Mazarin e Silvia Miranda Gomes.
Redação AssisCity
+ VEJA TAMBEM