08 de Agosto de 2020
20º/30º
NOTÍCIAS » DESTAQUE

Síndrome do pânico, ansiedade e depressão podem ser tratadas com técnicas de hipnoterapia

Os sintomas das doenças foram potencializados devido a pandemia do Covid-19


O hipnoterapeuta Reinaldo Guazzelli conta que sintomas de doenças como síndrome do pânico, ansiedade e depressão foram potencializados devido a pandemia do Covid-19. Ele ressalta que das doenças podem ser tratadas com técnicas de hipnoterapia.

"Estas patologias estão interligadas, a maioria dos indivíduos sofreu uma potencialização de sintomas devido a pandemia, a enfermidade já estava na pessoa apenas, mas com sintomas mais leves, a pandemia do COVID-19 foi apenas um gatilho”, considera.

Reinaldo Guazzelli explica que o isolamento social, colaborou para a potencialização dos sintomas dessas doenças.

"A Síndrome do Pânico pode vir acompanhada da depressão e ansiedade, assim como a ansiedade e depressão podem evoluir para a Síndrome do Pânico, e o isolamento social, que fez com que muitas pessoas ficassem sozinhas fisicamente, fechadas em seu próprio mundo e fizeram com que elas acessassem a suas dores inconscientes; estas doenças também causam problemas fisiológicos, a ansiedade por exemplo, está muito ligada a sintomas gástricos, quando há qualquer aspecto da ansiedade a pessoa vomita e tem dores, estas doenças destroem a vida dos pacientes”, considera.

Reinaldo Guazelli é especialista em Programação Neurolinguística, depressão e ansiedade e Bariátrica Hipnótica
Reinaldo Guazelli é especialista em Programação Neurolinguística, depressão e ansiedade e Bariátrica Hipnótica


Reinaldo ressalta que as doenças podem ser tratadas com técnicas de hipnoterapia, e desde o início da pandemia, a procura por tratamentos para estas três doenças aumentou significativamente.

"As três doenças estão ligadas, a síndrome do pânico pode evoluir para a ansiedade e depressão; a ansiedade acaba causando outros problemas como impotência sexual e sobrepeso; se não tratada a ansiedade pode destruir a vida das pessoas, estas doenças são incapacitantes e muitas vezes não são levadas a sério pelas pessoas”, lembra.

Reinaldo explica que na primeira consulta é feita uma avaliação de quais as necessidades de cada paciente para que seja estabelecido um tempo para o tratamento, e as melhores técnicas a serem empregadas.

"Nós podemos unir as técnicas de hipnoterapia, neurolinguística e ferramentas de psicologia comportamental para mudar os hábitos e sentimentos criados e assim mudar o comportamento do paciente; tenho pacientes que conquistaram excelentes resultados com o tratamento”, conta.

Para conhecer mais do trabalho de Reinaldo visite seu perfil no Instagram: @reinaldoguazzelli ou mais informações pelo Whatsapp (18) 99644-3026.

Redação AssisCity
+ VEJA TAMBÉM