19 de Janeiro de 2022
20º/30º
Notícias - Destaque

Vice-diretor acadêmico da FEMA é avaliador do Conselho Estadual de Educação

No quadro de avaliador especialista do Conselho Estadual de Educação para a área de Tecnologia da Informação desde 2008, Alex Poletto já participou de dezenas de avaliações em todo o estado de São Paulo - a mais recente foi na USP de Ribeirão Preto

O vice-diretor acadêmico da Fundação Educacional do Município de Assis (FEMA), prof. Dr. Alex Poletto, foi selecionado pelo Conselho Estadual de Educação (CEE), no mês de novembro, para participar da avaliação de dois cursos da área de Tecnologia da Informação. O primeiro curso avaliado, no dia 12 de novembro, foi o de Sistemas de Informação da Universidade de Taubaté (Unitau) e o segundo curso avaliado foi o de Ciência da Computação da Universidade de São Paulo (USP), no campus de Ribeirão Preto, no dia 19 de novembro de 2021.

Segundo o professor, as avaliações são feitas a partir de visitas agendadas pelo CEE, que acontecem em diferentes etapas, "nós visitamos o campus, as instalações físicas, laboratórios, analisamos a formação e titulação do corpo docente, grade curricular de disciplinas e suas ementas, referências bibliográficas, conteúdo programado, realizamos reuniões com os dirigentes, coordenação do curso, professores, alunos e funcionários, enfim. Analisamos, do começo ao fim, o projeto pedagógico e a infraestrutura disponibilizada por cada instituição ao seu respectivo curso que está sendo avaliado. Ao final, nós colocamos todas as considerações e recomendações em um relatório e o enviamos ao CEE, que decide ou não pela renovação, ou reconhecimento do curso", conta Poletto.

Divulgação - Alex Poletto -  Foto: Reprodução FEMA
Alex Poletto - Foto: Reprodução FEMA


De acordo com Alex, ele é avaliador do CEE desde 2008, ano seguinte em que obteve o título de doutor em Engenharia Elétrica: Sistemas Digitais, na USP e, desde então, consta na base de avaliadores do conselho, "eu defendi a tese do meu doutorado no final de 2007, mas precisamente no dia 7 de dezembro e, assim que tive a aprovação, já fiz o meu pedido para ser avaliador especialista do CEE. Depois disso, eles avaliaram o meu currículo e, não muito depois, já aceitaram o meu pedido. Então, dentro de pouquíssimo tempo, eu já estava figurando na base de avaliadores do sistema do conselho. De lá para cá, já são 14 anos trabalhando em conjunto com o CEE, avaliando cursos que fazem parte da área de tecnologia da informação, tanto em instituições públicas como em privadas, em institutos municipais, centros universitários, basicamente, onde solicitarem", explica o vice-diretor que, desde 2008, já participou de incontáveis avaliações de cursos nas mais diversas instituições no estado de São Paulo inteiro.

Alex ressalta ainda que participar dessas avaliações é sempre uma boa experiência e ajuda a trazer novidades para os cursos de TI, "como estamos sempre conhecendo outros cursos, outras ementas, outros projetos, têm sempre uma coisa ou outra que vale a pena avaliar se funcionaria aqui em nosso campus. Eu, como sou vice-diretor da FEMA e já fui coordenador dos cursos de Análise e Desenvolvimento de Sistemas e de Ciência da Computação da nossa instituição, não posso, obviamente, avaliar os nossos próprios cursos. Mas, sempre estamos em outras instituições, conhecendo as propostas das ementas de cada um dos cursos, avaliando as disciplinas e os trabalhos realizados por cada um, nós acabamos conhecendo algo novo e, dependendo do caso, às vezes nós chegamos até implantar aqui na FEMA. Todo o networking que ser avaliador do CEE me proporciona é usado para melhorar ainda mais os nossos cursos, por mais que os cursos da FEMA sejam já muito bem avaliados pelo CEE, procuramos melhorar sempre", conta o professor.

Recentemente, o CEE renovou o reconhecimento do curso de Ciência da Computação da FEMA por mais 4 anos e, além da renovação, o Conselho Estadual de Educação também aprovou a alteração na oferta das aulas que eram ministradas aos sábados, remanejando-as para o online, a íntegra dessa notícia você pode conferir aqui.
Divulgação
+ VEJA TAMBEM