31 de Maio de 2020
11º/26º
NOTÍCIAS » EDUCAÇÃO

Curso de Administração da FEMA também se adapta à plataforma Moodle

Professores tiveram treinamento intensivo para que o conteúdo fosse adaptado

A Fundação Educacional do Município de Assis (FEMA) está se readaptando, desde o dia 23 de março, a uma nova rotina de aulas e atividades. Por conta da pandemia do novo coronavírus, as atividades presenciais foram suspensas por meio de um decreto estadual e o Conselho da instituição decidiu que para manter o cronograma acadêmico previsto para o ano de 2020, os 11 cursos de graduação da FEMA adotassem a plataforma Moodle para que os alunos pudessem ter atividades acompanhadas remotamente.

Os alunos e professores dos 11 cursos de graduação da instituição estão cumprindo o calendário acadêmico planejado para o ano de 2020 por meio da Moodle. Com a plataforma, os alunos estão tendo acesso às aulas, trabalhos e provas com o acompanhamento do professor remotamente. Todos os professores dos cursos estão disponibilizando materiais que podem ser
acessados pelos alunos online, bem como podem entrar em contato com os professores diretamente por meio de plataformas de mensagens.

Para o coordenador do curso de Administração, João Carlos da Silva, a medida exigiu que todos os professores saíssem da sua zona de conforto, "de repente surge a suspensão temporária das atividades presenciais, por ordem governamental e local, para reduzir o risco de contágio e disseminação do coronavírus entre os alunos, professores, colaboradores e
a população em geral. Com a gravidade da situação não tínhamos outra alternativa a não ser implantar as "atividades acompanhadas”, como uma medida de emergência, para que nossos alunos fossem assistidos nesse momento”.

divulgação - Os alunos e professores dos 11 cursos de graduação da instituição estão cumprindo o calendário acadêmico planejado para o ano de 2020 por meio da Moodle
Os alunos e professores dos 11 cursos de graduação da instituição estão cumprindo o calendário acadêmico planejado para o ano de 2020 por meio da Moodle


João Carlos da Silva destaca que todos os professores passaram por um treinamento para que a adaptação à plataforma Moodle se desse o mais rápido possível, "fizemos um treinamento rápido com o professor doutor Luiz Ricardo Begosso, da informática, que nos apresentou a ferramenta utilizada no mundo todo, a plataforma do Moodle. Assim, por meio da mesma
é possível programar e planejar nossas aulas e postar aos nossos alunos que terão prazo de entrega dos trabalhos, leitura de textos e podem inclusive assistir vídeos e fazer outras atividades de acordo com a disciplina”.

As aulas, que foram suspensas no dia 17 de março de 2020 e foram fixadas inicialmente por 30 dias, podem ainda ser prorrogadas por tempo indeterminado, assim como as atividades acompanhadas. Todas as medidas sobre a suspensão das aulas presenciais estão seguindo as orientações das autoridades de saúde e políticas do país e do mundo, como o Ministério da
Saúde e a Organização Mundial da Saúde (OMS). A FEMA continua seguindo todas as normas e portarias estabelecidas pelo Ministério da Educação (MEC) e pelo Conselho Estadual de Educação (CEE).

Assessoria FEMA
+ VEJA TAMBÉM