12 de Agosto de 2020
20º/30º
NOTÍCIAS » EDUCAÇÃO

Professores de Assis que tem portaria para aulas eventuais no município poderão pedir Auxílio Emergencial

As solicitações devem ser feitas na Secretaria de Educação

Professores cadastrados na Prefeitura de Assis, para aulas eventuais, estão com dificuldades para se cadastrarem no Auxílio Emergencial do Governo Federal, pois quando realizam a abertura de portaria é gerado um registro no INSS, o que indica vínculo. Sendo assim, eles são impedidos de finalizar o cadastro do benefício.

Nos últimos dias, muitos professores cadastrados procuraram a Secretaria Municipal da Educação para esclarecimentos, pois haviam recebido informações.

A secretária Municipal de Educação de Assis, Dulce Andrade Araújo explica que todos os professores eventuais poderão solicitar a suspensão de suas matrículas para realizarem a inscrição no Auxílio Emergencial e não serão prejudicados futuramente, podendo ser chamados para ministrarem aulas normalmente.

Para solicitar a referida suspensão os professores devem agendar junto ao setor de Recursos Humanos da Secretaria Municipal da Educação, pelo telefone 3302-4444.

"Todo o protocolo da baixa nas matrículas será finalizado ao final do mês corrente que é quando o sistema permite as alterações", explica Dulce.

A secretária Dulce ressalta que essa medida faz parte das ações do executivo para propiciar condições aos direitos de acesso ao auxilio emergencial, sabendo que a aprovação dos benefícios não são da instância do município.

"Estamos empenhados à contribuir e buscar saídas para as demandas que se apresentam", conclui.

Redação AssisCity
+ VEJA TAMBÉM