17 de Agosto de 2022
20º/30º
Serviços - Emprego

PM-SP lança concurso com 2,7 mil vagas para soldado

O ingresso na carreira exige o nível médio de escolaridade, idade máxima de 30 anos e altura mínima de 1m60 para homens e 1m55 para mulheres

Está aberto o tão aguardado concurso da Polícia Militar do Estado de São Paulo (PMSP), seleção que oferta 2,7 mil vagas para soldado de 2ª Classe do Quadro de Praças de Polícia Militar (QPPM).

A função tem vencimento inicial de R$ 3.875,27 e exige o nível médio de escolaridade, idade máxima de 30 anos, carteira de habilitação (CNH) no mínimo na categoria B, além de altura mínima de 1m60 para homens e 1m55 para mulheres.

De acordo com o edital de abertura publicado nesta quarta (22) o DOE-SP, são atribuições do cargo, o policiamento ostensivo e a preservação da ordem pública, envolvendo a repressão imediata às infrações penais e administrativas e a aplicação da lei, nas diversas modalidades de policiamento, sempre primando pela defesa da vida, da integridade física e da dignidade da pessoa humana, em conformidade com os princípios doutrinários de polícia comunitária, de direitos humanos e de gestão pela qualidade, por intermédio da conclusão com aproveitamento do Curso Superior de Técnico de Polícia Ostensiva e Preservação da Ordem Pública, destinado a formar, com solidez teórica e prática, o profissional ocupante do cargo inicial do Quadro de Praças da Polícia Militar.

PM-SP lança concurso com 2,7 mil vagas para soldado
PM-SP lança concurso com 2,7 mil vagas para soldado


Etapas do concurso

As inscrições serão recebidas de 24 de junho a 20 de julho no site da Fundação Getúlio Vargas (FGV), organizadora do concurso, com taxa de participação no valor de R$ 57,00 (cinquenta e sete reais). Há previsão de isenção do pagamento nos casos previstos no regulamento da seleção.

Os candidatos serão avaliados em Araçatuba, Bauru, Campinas, Piracicaba, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, Santos, São José do Rio Preto, São José dos Campos, São Paulo e Sorocaba no dia 04 de setembro através de prova objetiva de múltipla escolha com sessenta questões de língua portuguesa e interpretação de texto, matemática, conhecimentos gerais, noções básicas de informática e noções de administração pública, além de prova dissertativa (redação) na mesma data e horário.

Os aprovados na primeira fase serão convocados para exames de aptidão física, exames de saúde, exames psicológicos, avaliação da conduta social, da reputação e da idoneidade e, por fim, análise de documentos, etapas sucessivas de caráter eliminatório.
Gazeta do Povo
+ VEJA TAMBEM