15 de Abril de 2021
20º/30º
Notícias - Esporte

Ciclistas de Assis e Cândido Mota concluem percurso de 400 km em menos de 18 horas

O grupo de 10 atletas saíram de SP à 0h50 deste sábado, 27 de fevereiro

Um grupo formado por 10 ciclistas de estrada de Assis e Cândido Mota, participaram neste sábado, 27 de fevereiro, da Summer Race 24h, prova de resistência que tem por objetivo vencer os 400 quilômetros entre São Paulo e Assis.

O ciclista Osvaldo Querino, que organizou e participou da prova, conta que o grupo saiu de São Paulo à 0h50 e conforme programado, com 10 atletas e três carros de apoio.

divulgação - Ciclistas que participaram da prova
Ciclistas que participaram da prova


"No começo da prova o trajeto não tinha tanto trânsito, por ser madrugada, e por ser um trecho relativamente plano tivemos um bom rendimento, com velocidade média próxima de 35 km/h, o que é considerado alta, em se tratando de ciclismo, não tivemos problemas na prova, além de alguns pneus furados", conta.

Osvaldo considera que quando o dia amanheceu, o grupo já estava chegando perto de Porangaba, com 120 km pedalados.

divulgação - Atletas concluíram a prova em menos de 18 horas
Atletas concluíram a prova em menos de 18 horas


"Esse trecho é bem mais complicado, por ser de serra, tinha muitas subidas, o que exigiu muito esforço de cada um; esse trecho de 70 km termina no pedágio de Botucatu, onde completamos 180 km, perto das 8h. Depois de Botucatu, o trecho de 140 km é relativamente plano, que vai até o final da Rodovia Castello Branco, com vento nas costas, o percurso foi feito com relativa facilidade, embora o cansaço dificulte bastante o desenvolvimento da prova", explica.

divulgação - Durante o trajeto os atletas fazem paradas para se alimentar e realizar pequenos períodos de descanso
Durante o trajeto os atletas fazem paradas para se alimentar e realizar pequenos períodos de descanso


Osvaldo lembra que do final da Castello Branco até Assis, dá 150 km, e é o trecho mais difícil, pois junta calor, cansaço e uma infinidade de subidas que exigem o máximo de energia de cada um, a velocidade média que até então estava perto de 30 km/h, cai abaixo de 20 km/h.

"Dos 10 atletas que saíram, 7 chegaram ao final, dos 3 que não chegaram, tivemos problemas de indisposição e problemas com bicicleta. Dentre problemas de saúde, tivemos desistência por esgotamento, impedindo o atleta de continuar e problema com alimentação, uma vez que a atividade intensa dificulta a digestão, provocando a desistência do atleta", ressalta.

divulgação


O primeiro ciclista chegou em Assis às 16h, enquanto o último chegou por volta das 18h30.

"Demoramos mais que o planejado porque no caminho precisamos parar pra comer, arrumar pneu furado, algum descanso; o mais rápido fez a prova em 13 horas, é quase o tempo que o trem da sorocabana demorava pra vir se São Paulo a Assis", conclui.

Confira os atletas que participaram da prova, seus tempos e os quilômetros percorridos por cada um:

Osvaldo: 17:53 401,38km
Fernando: 15:56 401.20km
Ronaldo: 14:23 374 km
Crhis 320 km - 12:30
Kleber:401 km 15:08
Lucas: 401,83 14:33
Juliano Caçambinha: 401 km 15:39
Thiago Zancheta: 404 km 15:45
Danilo 197 km
Paulinho 15:56


divulgação

divulgação

Redação AssisCity
+ VEJA TAMBEM