02 de Dezembro de 2022
20º/30º
Notícias - Esporte

Ciclistas de Assis percorrem ciclorota de 400km pela Represa de Chavantes

O percurso passou por diversas cidades da região do estado de São Paulo e Paraná

Nos últimos dias o casal de ciclistas de Assis, Luciano e Suzzi Queiroz, junto com o ciclista de São Paulo, capital, Lucas Caracik percorreram mais de 400km pedalando pelo entorno da Represa de Chavantes, na divisa entre os estados de São Paulo e Paraná.

Suzzi e Luciano Queiroz são experientes viajantes que já percorreram todas as regiões geográficas do Brasil, além de países da América Latina como Chile, Argentina e Uruguai a bordo de um veículo 4x4 todo equipado com barraca de teto e cozinha completa. E que agora se aventuram também no mundo das cicloviagens.

Saindo e Assis no dia 17 de julho, fizeram sua rota pedalando pelas estradas que ligam Assis a Ribeirão Claro, passando pelos municípios de Cândido Mota, Palmital, Andirá, Cambará e Jacarezinho.

Divulgação - Percurso de 400km passa por cidades do estado de São Paulo e do Paraná - Foto: Divulgação/Luciano Queiroz
Percurso de 400km passa por cidades do estado de São Paulo e do Paraná - Foto: Divulgação/Luciano Queiroz


A rota pelo entorno da represa passa por lindas paisagens em vários municípios. Suzzi Queiroz conta que "a paisagem é muito diferente do que estamos acostumados em Assis. O relevo dessa região do Paraná é bastante montanhoso e a represa é enorme. Em muitos pontos do trajeto a gente pode ver a represa de vários ângulos diferentes, além de conhecer mais sobre a cultura e o modo de vida da região".

De Ribeirão Claro/PR o trio de ciclistas pedalou pelas estradas de asfalto e terra da região, contornando a represa até chegar na cidade de Chavantes, passando pelos municípios de Carlópolis no PR e Fartura, Timburi, Bernardinho de Campos e Ipaussu em SP.

Divulgação - Ciclistas acamparam ao ar livre durante percurso - Foto: Divulgação/Luciano Queiroz
Ciclistas acamparam ao ar livre durante percurso - Foto: Divulgação/Luciano Queiroz


"Nossa maior dificuldade era o peso das bicicletas com toda carga que precisávamos carregar. Isso porque além de algumas roupas e objetos pessoais a gente precisava levar também todo o equipamento de camping e alimentação. É possível fazer essa rota dormindo em pousadas e viajando mais leve, mas a gente adora acampar e prefere um estilo de vida mais livre, na natureza", conta Luciano Queiroz.

Lucas Caracik conta que o pedal foi muito tranquilo, mas tiveram momentos um tanto difíceis. "Saindo de Fartura a gente precisou subir a serra até chegar em Timburi. O caminho é lindo, mas muito cansativo. Em vários momentos era impossível pedalar por causa da subida e precisávamos empurrar as bicicletas. Mas em cada metro que a gente subia a represa lá embaixo da serra ia ficando mais bonita então todo esforço valia a pena", comenta.

Divulgação - Suzzi Queiroz, Luciano Queiroz e Lucas Caracik - Foto: Divulgação/Luciano Queiroz
Suzzi Queiroz, Luciano Queiroz e Lucas Caracik - Foto: Divulgação/Luciano Queiroz


Foram 8 dias pedalando por mais de 400 km, com uma subida acumulada de mais de 4000 metros em todos os dias, passando por 17 municípios em 2 estados, várias lembranças e muitas fotografias para recordação.

Você pode acompanhar mais viagens dos ciclistas no @caminhotracado.

Confira mais fotos da viagem:
Divulgação

Divulgação

Divulgação

Divulgação

Divulgação

Divulgação

Divulgação

Divulgação

Divulgação

Divulgação

Divulgação
+ VEJA TAMBEM