09 de Agosto de 2022
20º/30º
Notícias - Esporte

Grêmio e Assisense empatam no Prudentão

Carcará desperdiça chance de ganhar do vice-lanterna em casa; goleiro Cleber se destaca, e Falcão do Vale tem mais a comemorar, porém segue sem vencer

O Assisense conseguiu segurar o líder do Grupo 2, fora de casa. E para quem esperava o vice-lanterna só se defendendo, não foi assim em parte do confronto. É verdade que o goleiro Cleber saiu como grande nome dos visitantes, mas os principais destaques do Grêmio Prudente fizeram apresentações abaixo. O 0 a 0 prevaleceu no Prudentão, na tarde deste sábado (14), pela quarta rodada do Campeonato Paulista da Segunda Divisão - quarto patamar estadual. O duelo ainda teve camisa 1 da casa ficando inconsciente e sendo retirado de ambulância e bate-boca.

Os gremistas chegaram aos 8 pontos e se mantêm invictos. Correram o risco de perder a liderança da chave para o Vocem, neste domingo (15), mas o duelo com o Osvaldo Cruz não foi realizado. O Itararé visitou a Santacruzense e poderia ter chegado aos mesmos 8 pontos do Carcará, mas ficou no empate por 0 a 0. Lá embaixo, o Falcão do Vale soma agora 2 pontos e comemora o primeiro jogo sem sofrer gol. A Locomotiva alcançou o 1º ponto. Lembrando que, ao final das 10 rodadas, se classificam os dois primeiros, mais o quatro melhores terceiros entre as seis chaves.

Divulgação - Com Grêmio de roupa nova, vermelha, e Assisense de branco, nada de gol no Prudentão (Foto: Murilo Aguilar / Grêmio Prudente, Divulgação)
Com Grêmio de roupa nova, vermelha, e Assisense de branco, nada de gol no Prudentão (Foto: Murilo Aguilar / Grêmio Prudente, Divulgação)


Susto
No começo do jogo, o goleiro André e o atacante Edson dividiram por baixo. O arqueiro gremista chegou primeiro e levou a pior. Precisou de atendimento da ambulância e foi substituído por Dã Moroni. O camisa 11 levou amarelo. A assessoria de imprensa do clube atualizou a situação com a etapa inicial em andamento: "Cortou bastante a face. Em um primeiro momento, estava inconsciente, mas em segundos já retomou. Saiu de ambulância. Tem pessoal do Grêmio com ele e, segundo eles, o goleiro está melhor". Depois da partida, houve nova atualização: "O atleta teve uma fratura na região da testa, vai precisar passar por uma cirurgia. Em termos clínicos gerais, passa bem". Ficam aqui os votos de recuperação rápida ao camisa 1.

Divulgação - André é retirada de ambulância após ser atingido na cabeça (Foto: Paulistão Play / Eleven Sports / Reprodução)
André é retirada de ambulância após ser atingido na cabeça (Foto: Paulistão Play / Eleven Sports / Reprodução)


Primeiro tempo
O Assisense criou as melhores chances, quase sempre com Edson. Em duas, o atacante apareceu livre dentro da área, para finalizar rasteiro, e não aproveitou. O Falcão até balançou as redes, mas o árbitro entendeu que Gabriel utilizou o braço na jogada. A única chegada gremista foi em um chute de Geovany, na diagonal, de fora da área. Cleber se esticou, espalmou e começou a tarde iluminada. Vale destaque ainda o bom comportamento defensivo dos visitantes, que contaram com a novidade de Victor Santos no lugar de Ryan na escalação inicial.

Segundo tempo
Os donos da casa voltaram com outra pegada. Em menos de cinco minutos, já haviam criado duas boas chances, em um chute de Di María da entrada da área, defendido por Cleber, e uma cobrança de falta venenosa de Paulinho. Aos 14 e 28, os mandantes também estiveram perto da abertura do placar. Di María esteve envolvido em ambas, primeiro telegrafando um passe ao sair cara a cara com o camisa 1, e depois vendo a bola bater nas próprias pernas e ir para fora, após Ryan tirar quase em cima da linha. Muito pouco para uma equipe que tinha feito oito gols até então. Rafinha, Di María e, principalmente, Paulinho foram atletas que estiveram abaixo do esperado.

Divulgação - Primeiro tempo teve o Assisense melhor (Foto: Murilo Aguilar / Grêmio Prudente, Divulgação)
Primeiro tempo teve o Assisense melhor (Foto: Murilo Aguilar / Grêmio Prudente, Divulgação)


Bate-boca
Em dois momentos, atletas e comissões técnicas protagonizaram cenas lamentáveis. Na reta final do jogo, a bagunça começou perto da área técnica gremista. Ryan e o técnico Marcos Campagnollo, um de cada lado, foram amarelados. Na saída para os vestiários, novo bate-boca.
Globo Esporte - GE
+ VEJA TAMBEM