07 de Agosto de 2020
20º/30º
NOTÍCIAS » LOCAL

Almira Garms se apresenta como pré-candidata, mas partido pode indicar outro nome

Almira aponta o caráter turístico e os investimentos aplicados em Saúde e Educação

Nesta segunda-feira, 20, a parceria entre o Portal AssisCity e Rádio Difusora deu continuidade à série de entrevistas com pré-candidatos às prefeituras da região. Conduzida por Professor Elielton do AssisCity e Gerônimo Paes da Difusora, a jornada recebeu Almira Garms do PSDB, de Paraguaçu Paulista.

A prefeita Almira Garms, cujo esposo foi prefeito no passado, contou que nunca se posicionou como uma primeira dama. Foi atuante da vida política, fez cursos para ser uma boa assessora e adquiriu experiência e conhecimento. Ocupou o cargo de vereadora por quatro vezes e presidiu a Câmara em duas oportunidades. Possui participação ativa no seu partido como membro da Executiva Estadual e do Secretariado Estadual de Mulheres do PSDB.

Almira diz que hoje é pré-candidata, mas essa situação pode mudar. "Vamos deixar claro que eu represento um grupo político e não significa que eu seja a pré-candidata a prefeita. Mas, o meu grupo político, com certeza absoluta, terá um nome que poderá ser o meu ou não", comenta. Apesar da possibilidade, ela confirmou que neste momento é a pré-candidata. "Hoje eu sou pré-candidata à reeleição", explica.

Divulgação - Almira Garms, pré-candidata a prefeita de Paraguaçu Paulista
Almira Garms, pré-candidata a prefeita de Paraguaçu Paulista


A prefeita admite a preocupação com o declínio do número de votos do PSDB nas últimas eleições e pondera que existem novas propostas: "Eu sou membro do Diretório Estadual do PSDB, nós discutimos, nós nos reunimos. Existe essa preocupação, mas houve também propostas de renovação. Acreditamos que nessas propostas de renovação estejam surgindo novos nomes, novos propósitos", justifica.

Sobre estratégias e possíveis alianças a prefeita considerou a possibilidade e explicou o porquê: "Getúlio Vargas diz assim: O político não pode ter amigos dos quais não possa se separar. E nem inimigos dos quais não possa se aproximar". Diz ainda que estão dispostos a fazer qualquer tipo de aliança que convenha a ética que respeitam para que Paraguaçu seja fortalecida.

Sobre o relacionamento com os vereadores, a prefeita defendeu sua gestão. Disse respeitar o Legislativo, a autonomia dos poderes e que frequentou a Câmara durante o mandato. "Eu fui várias vezes. Estive sim, por várias vezes", afirma.

Almira explica ter modificado um padrão: "Eu quebrei um paradigma que era de estar indicando para estar na Prefeitura pessoas ligadas a partidos. Foi um jogo muito limpo que nós fizemos antes mesmo da eleição. Eu escolhi só técnicos", lança . Logo nos primeiros meses da administração ela afirma ter percebido o interesse de cargos em seu governo: "Eu já vejo, por exemplo, que tem partido procurando, mas querendo tal pasta e tal pasta". Ela lamenta este loteamento: "Não. Não estou disposta a isso. Não podemos fazer isso. Não fiz", comenta. A pré-candidata considera pagar um preço por esta atitude, mas orgulha-se e diz que a escolha de técnicos foi a melhor atitude que realizou.

Relatou ainda a explicação de projetos ao Legislativo: "Sempre teve um técnico especialista no assunto para que fosse lá e explicasse. O que acontecia é que eles (vereadores) se ausentavam”, diz. Almira considera que seu secretariado não é político e sim técnico e a ação política em busca de recursos para investimentos no Município é realizada por ela e destaca a abertura de creches. Deseja terminar seu atual mandato, concluir diversas obras em andamento e está convicta em concluir o que foi iniciado.

Como bandeira marcante de sua gestão, Almira aponta o caráter turístico e os investimentos aplicados em Saúde e Educação. "Nós recuperamos tudo. E essa conquista da UPA se transformar. São quatrocentas, quinhentas pessoas, dia, que são atendidas na UPA que hoje é Centro de Especialidade Médica", explica. A prefeita ainda destacou o funcionamento de creches e escolas reformadas. "Essa é a nossa bandeira. Educação, Saúde e o Turismo", conclui. Aos munícipes afirmou que política não se faz com ódio e que o eleitor decida seu voto de acordo com aquele que julgar mais preparado.

Nesta terça-feira a série de entrevistas recebe o pré-candidato a prefeito Freddie, de Pedrinhas Paulista.

Redação AssisCity
+ VEJA TAMBÉM