29 de Setembro de 2020
20º/30º
NOTÍCIAS » LOCAL

Defesa Civil alerta que até domingo poderão ocorrer muitas pancadas de chuva em Paraguaçu

Na quinta-feira, por causa da ventania durante a chuva, uma casa foi destelhada e a Defesa Civil de Paraguaçu socorreu com fornecimento de lona

A partir desta sexta-feira, 3 de janeiro, um grande sistema de baixa pressão atmosférica se espalha mais sobre o Sudeste e sobre o Centro-Oeste do Brasil e persiste por vários dias. Até o
domingo, 5 de janeiro, uma grande quantidade de nuvens carregadas se forma sobre o todos os estados destas regiões e poderão ocorrer muitas pancadas de chuva, inclusive em Paraguaçu Paulista.

A previsão é do INMET – Instituto Nacional de Meteorologia – e neste sábado poderá chover até
20 mm, assim como no domingo. De forma geral, a situação é de atenção para chuva moderada a forte, com raios e fortes rajadas de vento.

As rajadas de vento registradas em Paraguaçu na quinta-feira (2), já resultaram no destelhamento de uma casa e a Defesa Civil socorreu com fornecimento de lona. Também uma árvore caiu em cima de um carro estacionado na Rua Quatá, no bairro Barra Funda. Não havia pessoas no veículo e ninguém se feriu. De acordo com o Corpo de Bombeiros, uma equipe foi encaminhada para a retirada da árvore e desobstrução da rua que ficou com trânsito impedido temporariamente.

A informação é do chefe da Defesa Civil de Paraguaçu Paulista, coronel Carlos Alberto Hipólito
Ferreira. Ele orienta para que a população se proteja, busque abrigo e evite áreas abertas
quando da ocorrência de temporal.

Divulgação - Rajadas de vento registradas em Paraguaçu na quinta-feira (2) já resultaram no destelhamento de uma casa e a Defesa Civil socorreu com fornecimento de lona
Rajadas de vento registradas em Paraguaçu na quinta-feira (2) já resultaram no destelhamento de uma casa e a Defesa Civil socorreu com fornecimento de lona


"Em caso de chuva forte, recomendamos que a pessoa procure abrigo em locais fechados e
evitar áreas abertas, como terrenos ou rios, lagos e praias", reforçou o coronel Hipólito.
Entre as principais orientações, em caso de chuva forte, ventos e raios, estão:

- Permanecer em local seguro até que a chuva e as consequências dela estejam sob controle,
para evitar acidentes e mortes;

- Caso esteja de carro, verifique se a água ultrapassa 1/4 do pneu, pois acima deste nível, há
elevado risco do carro perder a dirigibilidade e ser conduzido pela correnteza;

- Em casos de ventos fortes, mantenha-se abrigado em local de estrutura de firme, tais como
casas, estabelecimentos comerciais etc;

- Em caso de falta de luz, desligue todos os equipamentos elétricos possíveis. Opte por
lanternas, e não por velas, mas caso a substituição não seja possível, mantenha a vela em um
suporte com água e apague-a antes de dormir;

- Retire das ruas os sacos de lixo que ainda aguardam recolhimento pela companhia de limpeza
urbana.

Em casos de emergência, acione a Defesa Civil pelo telefone 199, ou também os Bombeiros
(193) e a Polícia Militar (190).

Fim de semana com chuva forte

O primeiro fim de semana de semana de 2020 será marcado por chuva forte em muitas áreas
do Sudeste e do Centro-Oeste do Brasil, devido à possível formação de ZCAS – Zona de
Convergência do Atlântico Sul.

A formação destas grandes áreas de instabilidade está associada a configuração de ventos
sobre a América do Sul, em diversos níveis da atmosfera.

Os ventos vão manter a canalização de ar úmido e quente (convergência de umidade) do Norte
para o Centro-Oeste e para o Sudeste, por vários dias consecutivos, e a expectativa é de
formação de uma ZCAS (Zona de Convergência do Atlântico Sul) a partir de 3 de janeiro, sexta-
feira. A ZCAS é um dos mais importantes sistemas provedores da chuva do verão no Brasil.

Assessoria de Comunicação da Prefeitura Municipal
+ VEJA TAMBÉM