15 de Agosto de 2022
20º/30º
Notícias - Local

Empresária de Assis é vítima de golpe com vendas de produtos usados nas redes sociais

Falsos aparelhos domésticos são vendidos por preços baixos através do instagram

Os criminosos estão cada vez mais criativos na hora de realizarem um golpe pela internet. Aqueles através de ligações já não estão mais colando, por isso novas alternativas estão surgindo para pegar todos nós desprevenidos e, quem não estiver atento, pode ser a próxima vítima.

Foi o que aconteceu com a empresária assisense Gabriela Narciso, de 38 anos, que é super ativa nas redes sociais. Ela conta que recentemente recebeu uma mensagem promocional de um hotel fazenda no estado de SP, através das mensagens do instagram.

"Eles me ofereceram para participar de um sorteio com direito a 7 dias de hospedagem com mais um acompanhante. E eu fiquei super interessada e passei meu nome completo, número de celular e e-mail. Só isso, não achei nada demais", comenta Gabriela.

Foi aí que em um momento de distração a empresária caiu no golpe.

"Me retornaram novamente pedindo pra eu mandar pra eles de volta um print do SMS que eu recebi no celular e na correria em que estava, acabei nem pensando duas vezes e mandei a imagem com o número do código que veio por mensagem", conta.

Logo depois, Gabriela abriu seu instagram, onde tinha 4 contas de suas empresas vinculadas com a pessoal, mas não conseguiu acessar porque o login já estava hackeado.

Divulgação - Produtos falsos que foram oferecidos por valores baixos
Produtos falsos que foram oferecidos por valores baixos


Em seguida começou a receber mensagens de amigos no WhatsApp, que perguntavam sobre produtos que ela estaria oferecendo na internet por preços baixos. Como por exemplo TV Smart de 55 polegadas por R$ 1100,00, geladeira nova de última geração por apenas R$ 1500,00, além de outros aparelhos.

Mas na verdade é uma outra pessoa que está em posse da conta, agindo como se os produtos realmente estivessem a venda. Na hora de enganar o seguidor daquela conta, ele pede que a pessoa faça o depósito o quanto antes para garantir a venda.

"Esse golpe estão aplicando com a minha conta e com a de muitas outras pessoas que já vi por aí. Muita gente que vê uma promoção dessa sendo oferecida nessas condições acaba caindo e pagando o produto através do pix, ou enviando dinheiro pra conta que o golpista pede. Só que desta vez usando a conta dos outros, como a minha por exemplo", finaliza.

Gabriela já juntou todas as provas materiais e abriu um boletim de ocorrência para investigação do caso.
Redação AssisCity
+ VEJA TAMBEM