18 de Setembro de 2021
20º/30º
Notícias - Local

Hospitais recebem R$ 75 mil para o combate ao Covid-19

A ação é de autoria dos Rotarianos do Distrito 4510

Os rotarianos que fazem parte do Distrito 4510 do Rotary International estão direcionando mais R$ 75 mil para ajudar 25 hospitais do centro-oeste paulista no combate a Covid-19. A verba a ser direcionada é uma somatória entre recursos da The Rotary Foundation e da Governadoria Distrital. "São R$47.070,00 da nossa fundação e mais R$27.930,00 do nosso distrito", anunciou o governador distrital, o médico Nestor Silveira do Amarilho, associado ao Rotary Club de Assis do Vale. "Da fundação dos rotarianos é uma verba de contingência, e do distrito é de uma parte da sobra do orçamento", completou o coordenador distrital da The Rotary Foundation, o contabilista, Ricardo de Maio Bermejo, associado ao Rotary Club de Assis-Norte, responsável em reunir os documentos e promover a prestação de contas do investimento.


Diante desta possibilidade os rotarianos selecionaram 25 hospitais na região que receberão material de proteção no combate contra a Covid-19. "Esta não é a primeira vez que promovemos investimentos neste sentido", recordou Nestor Silveira do Amarilho ao lembrar que no ano passado mais de R$ 300 mil foram investidos na região centro-oeste contra a doença. "Nossa organização tem se dividido em diversas frentes, porém, o combate a Covid-19 é prioridade nas ações", lembrou o dirigente rotário regional que considera importante este tipo de investimento constante por parte dos rotarianos em geral. "Naturalmente o Covid-19 é o foco principal de todas as nossas ações, mas existem outras necessidades pontuais e locais que também estamos conseguindo colaborar", ressaltou o líder rotário da atual Gestão 2021-22.


De acordo com Ricardo de Maio Bermejo serão adquiridos insumos e materiais de segurança no combate ao Covid-19. Serão beneficiados hospitais de: Flórida Paulista, Alvares Machado, Assis, Bastos, Cândido Mota, Dracena, Duartina, Garça, Lucélia, Marília, Martinópolis, Teodoro Sampaio, Osvaldo Cruz, Pacaembu, Palmital, Paraguaçu Paulista, Parapuã, Pederneiras, Presidente Epitácio, Presidente Prudente, Presidente Venceslau, Rancharia, Rinópolis, Tupã e Tupi Paulista. "Duas cidades não contam com Rotary Club e serão beneficiadas", apontou o dirigente regional ao mostrar a preocupação dos rotarianos com a Santa Casa de Flórida Paulista e a Santa Casa de Teodoro Sampaio, indicados pelos rotarianos de Adamantina e Mirante do Paranapanema, que contam com um Rotary Club cada, respectivamente.


Nestor Silveira do Amarilho acredita que seja possível novos investimentos rotários contra a doença, até o final desta gestão, no mês de Junho. "Ainda estamos avaliando esta possibilidade, mas não descarto, sendo possível, que façamos outros investimento em breve", disse ao acompanhar a performance da fundação dos rotarianos e dos clubes neste sentido. "Já realizamos investimentos através de subsídios distritais e globais em outras frentes de necessidades", recordou o dirigente que está confiante de outro aporte financeiro para o combate ao Covid-19. "O importante é que a região perceba que mesmo com a quarentena os rotarianos não pararam e continuarão ajudando seja para combater a doença ou estimular a vacinação", disse o Governador do Distrito 4510 do Rotary International entusiasmado com as ações dos rotarianos.
Divulgação
+ VEJA TAMBEM