08 de Agosto de 2020
20º/30º
NOTÍCIAS » LOCAL

Mantovani quer duplicar o tamanho de Paraguaçu e aumentar a renda do trabalhador

O pré-candidato se considera o mais preparado para assumir o Executivo

Nesta quarta-feira, 15, a parceria entre o Portal AssisCity e Rádio Difusora deu continuidade à série de entrevistas com pré-candidatos às prefeituras da região. Conduzida por Professor Elielton do AssisCity e Gerônimo Paes da Difusora, a jornada recebeu Dante Mantovani do partido Republicanos, de Paraguaçu Paulista.

O ex-presidente da Fundação Nacional de Artes (Funarte), formado em música e professor universitário, Dante Mantovani, afirma que tomou a decisão de ser pré-candidato pautado pelo que vivenciou enquanto esteve no Governo Federal.

"O tempo todo eu tentei estabelecer um diálogo com a minha cidade e nenhum político da minha cidade me procurou. Não há interesse em desenvolver o Município” diz o pré-candidato, que ainda afirmou ter tentado estabelecer pontes procurando a Prefeitura e declara "eu vi que não havia interesse”.

Mantovani prosseguiu sua fala como se segue: "Eu achei muito preocupante a falta de iniciativa dos políticos de Paraguaçu, de não estabelecerem esse contato”.

AssisCity - Dante Mantovani
Dante Mantovani


Durante a entrevista, o pré-candidato afirma que o Republicanos considerou que ele seria a pessoa ideal para representá-lo nessa eleição, e que o apoio ao seu nome apresenta crescimento entre professores e moradores de vários bairros.

Mantovani defendeu sua atuação à frente da Funarte dizendo que entregou muitos resultados. Ele atribui sua saída a uma troca natural de equipe realizada por Regina Duarte, mas considera que ela errou, pois pouco tempo depois também deixou o governo.O agora pré-candidato explica sua atuação pela Funarte como "uma experiência fantástica”.

No contexto da análise de experiência, comentou sobre sua participação ativa na campanha presidencial de Jair Bolsonaro e seu relacionamento com lideranças governamentais. "Eu tenho muito bom relacionamento em todas as esferas federais, em quase todos os ministérios eu conheço gente que são meus amigos, que ajudaram a eleger Bolsonaro”, diz.

Dante Mantovani compartilha da ideia de escola militar e acredita ter demanda em Paraguaçu. Sobre os planos e projetos para a cidade ele diz: "Eu quero duplicar o tamanho da cidade”, pois segundo ele "obras públicas geram emprego e aumentam a renda do trabalhador porque as lojas vendem mais para as obras. Vamos priorizar empresas de Paraguaçu. Aí nós vamos gerar emprego, vai aumentar a renda, porque quando tem mais emprego a renda aumenta, porque existe uma oferta maior. As pessoas terão maior poder aquisitivo, vão comprar mais, o comércio vai contratar mais e isso é um ciclo virtuoso. Duplico o tamanho da cidade! Pretendo geral no mínimo dois mil empregos. E também duplicar a renda média do trabalhador paraguaçuense, que hoje é de mil e duzentos reais. Eu quero que seja no mínimo de dois mil e quatrocentos”.

Alertado sobre projeções de recessão econômica para 2021, o pré-candidato afirmou que sabe onde buscar dinheiro. "Vai ser um ano de recessão, mas eu sei onde buscar dinheiro. Vou buscar no mundo inteiro! ”, diz.

Mantovani afirmou que se considera muito preparado, ser o melhor pré-candidato e ainda lançou um desafio: "Eu sou o melhor! O mais preparado! Vou lançar um desafio para os outros candidatos (pré). Venham debater comigo aqui!”

O pré-candidato disse que optará pelo diálogo na hipótese de uma Câmara de oposição e defende a nomeação para cargos pelo princípio técnico. Como mensagem ao povo paraguaçuense, disse que a cidade tem solução, para o eleitor não vender o voto, para votar no candidato que achar mais preparado e reafirmou que irá dobrar o tamanho da cidade.

Nesta quinta-feira a série de entrevistas recebe o pré-candidato a prefeito Serginho Ferreira, de Paraguaçu Paulista.

Facebook:



Youtube:



Redação AssisCity
+ VEJA TAMBÉM