25 de Setembro de 2022
20º/30º
Notícias - Local

Marilene, da dupla As Galvão, morre aos 80 anos

Velório e sepultamento serão realizados em Paraguaçu Paulista.

Faleceu na tarde desta quarta-feira, dia 24, a cantora Marilene, da dupla sertaneja As Galvão. Nascida em 1942, Marilene Galvão sofria de Alzheimer. O velório da artista deverá ocorrer em Paraguaçu Paulista, em horário a ser definido, e o sepultamento no distrito de Sapezal.

Foram mais de 70 anos de carreira, 80 discos lançados e o marco de se tornarem a dupla sertaneja que esteve em atividade por mais tempo no País. As Galvão encerraram a longa trajetória em 2021, quando revelaram uma doença como motivo do fim da parceria musical entre as irmãs Mary Zuil Galvão e Marilene Galvão. Momento difícil para elas e para o público, que tanto cantou junto e se divertiu com as animadas parceiras.

Divulgação - Marilene, da dupla As Galvão, morre aos 80 anos / Foto: Rosa Marcondes
Marilene, da dupla As Galvão, morre aos 80 anos / Foto: Rosa Marcondes


Trajetória

Nascidas no interior de São Paulo, Mary na cidade de Ourinhos, em 1940, e Marilene em Palmital, em 1942, as irmãs Galvão seguiram o caminho de outros músicos do cancioneiro popular. O gosto pela música sertaneja vinha do berço e ainda crianças já empunham violas e davam início a uma trajetória de sucesso, primeiro na Rádio Club Marconi, de Paraguaçu Paulista, interpretando música caipira e já fazendo sucesso com os ouvintes. "A gente teve que batalhar para cantar", contou Mary em entrevista ao Estadão, em 2017.

Pioneiras dentro desse gênero, enfrentaram muito preconceito mas não baixaram a cabeça, seguiram em frente e conquistaram respeito e espaço. Agora na capital paulista, sempre incentivadas pelos pais, Bertholdo e Maria, se apresentaram no programa de rádio Torre de Babel, comandado por Salomão Ésper. O sucesso foi tanto que não demorou para chegarem à Rádio Nacional.

E aí vieram os contratos para gravações de discos, sendo que o primeiro, em 78 rotações, não tardaria a ser lançado. E assim Mary e Marilene seguiram a trajetória, chegando a gravar quatro LPs por ano. Os shows pelo interior paulista preenchiam a agenda da dupla, que tinha no repertório canções compostas por nomes como Raul Torres e Nhô Pai.

Sucesso revivido

Um dos grandes sucessos da dupla As Galvão, sem dúvida, foi e é a canção Beijinho Doce. Desde o lançamento, a música esteve presente em todas as apresentações, que contribuiu para consagrá-las no cenário musical. A canção ganhou ainda sobrevida ao integrar a trilha da novela A Favorita, atualmente reprisada pela Globo, e onde a dupla Flora (Patrícia Pillar) e Donatela (Claudia Raia) cantavam a música, destacando novamente o nome das Galvão.

Veja a entrevista com As Galvão, durante passagem da dupla em 2019 em Assis:


TV Paraguaçu
+ VEJA TAMBEM