20 de Setembro de 2021
20º/30º
Notícias - Região

Assis amanhece com 308 cruzes no São Francisco em apelo por consciência coletiva no combate à COVID

A intervenção é uma homenagem aos assisenses que perderam a vida para a doença

A segunda-feira, 7 de junho, amanheceu nublada em Assis e com uma intervenção artística na rotatória do São Francisco de Assis no final da Avenida Rui Barbosa como forma de chamar a atenção dos moradores para refletirem sobre a pandemia da COVID-19.

Um grupo de artistas instalou 308 cruzes pretas por toda a rotatória, em alusão às mortes registradas na cidade por complicações da doença.

Junto com as cruzes foi instalada também uma faixa com os dizeres "A culpa também é sua", que busca promover a conscientização coletiva da importância de todos seguirem os protocolos de combate à doença.

divulgação - Rotatória do São Francisco de Assis recebeu a intervenção na madrugada desta segunda-feira
Rotatória do São Francisco de Assis recebeu a intervenção na madrugada desta segunda-feira


Nas redes sociais, o advogado Karol Tedesque, que organizou a ação, explicou que a intervenção é uma homenagem aos 308 assisenses que perderam a vida para o vírus Covid-19 até o dia 2 de junho, e também é um apelo para que as pessoas e as autoridades busquem mais consciência em seus atos.

Junto à postagem ele publicou o seguinte texto:

"A CULPA TAMBÉM É SUA!!!

Quando você se nega a usar máscara; quando você promove ou participa de aglomerações; quando você faz aquela festinha escondida "só" pra 20 pessoas na sua casa, com a ajuda de um pequeno buffet com pessoas trabalhando; quando você acorda com coriza ou uma pequena febre e ainda assim manda seu filho pra escola; quando você nega a ciência e as orientações e protocolos sanitários seguidos pelo resto do mundo; quando você esconde sintomas e continua indo ao trabalho; quando você, sem ser médico, receita tratamentos precoces aos seus conhecidos; quando você receita remédios sem comprovação científica, mas por orientação política; quando você questiona a necessidade da vacina; quando você não usa álcool pra higienizar as mãos com frequência; quando você insiste naquele barzinho que não segue os protocolos de segurança; quando você tenta coagir o pessoal da vigilância sanitária que chegou na sua "festinha"; quando você fura a fila da vacina; quando você, patrões ou patroas, diretores ou diretoras, mantenedores ou mantenedoras, esconde de seus clientes, funcionários, colaboradores, alunos ou professores, casos suspeitos ou confirmados de COVID-19 em sua empresa, seu negócio, sua escola, seu restaurante; quando você pai, mãe, ou responsável, não comunica que há casos suspeitos ou confirmados na família à escola de seu filho; quando você funcionário, colaborador ou professor não comunica sua empresa ou escola que teve contato com pessoa positivada ou com suspeita; quando você nega a ciência e coloca a vida de todos ao seu redor em risco; quando você sabendo de contágios e contatos em seu ambiente de trabalho não realiza a testagem em todos antes de retomar as atividades; quando decisões do judiciário intervém para afrouxar decretos do executivo para restrições de circulação no combate a pandemia;
SIM, EM TODOS ESSES CASOS E MUITOS OUTROS.

Pode ser que você nunca saiba, mas,

A CULPA TAMBÉM É SUA!!!"

divulgação

Redação AssisCity
+ VEJA TAMBEM