09 de Agosto de 2022
20º/30º
Notícias - Região

Caso Bar do Fininho: mãe é inocentada e filha responderá por homicídio qualificado

Crime aconteceu em abril de 2022 em um bar na Vila Ribeiro

S.J.L, mãe de S.C.L.P, foi inocentada do crime que tirou a vida de Jéssica Silva Oliveira, de 30 anos, em abril de 2022.

Segundo o advogado da defesa, João Carlos Merlim, a audiência realizada junto à Vara Criminal, no dia 23 de junho, teve a participação dos policiais militares que atenderam a ocorrência, as testemunhas, além das acusadas de cometerem o crime.

"Nossa defesa conseguiu provar a inocência da acusada S.J.L, mãe de S.C.L.P, que foi absolvida das acusações e já teve expedido a seu favor o alvará de soltura. Já S.C.L.P responderá pelo crime de homicídio qualificado, mesmo tendo fortes indícios de legítima defesa", explicou o advogado.

Divulgação - Bar do Fininho, local onde crime aconteceu - Foto: Divulgação
Bar do Fininho, local onde crime aconteceu - Foto: Divulgação


O caso será levado para a Vara do Tribunal do Juri de Assis, para marcar a data do julgamento. "Vamos aguardar a data do julgamento, quando pretendemos provar aos jurados que a acusada S.C.L.P agiu em legítima defesa da mãe e de si mesma", finalizou o advogado da defesa.

O crime

Na madrugada do dia 20 de abril de 2022, Jéssica Cristina Oliveira, de 30 anos, foi assassinada com quatro golpes de faca no Bar do Fininho, na Vila Ribeiro em Assis.
Na ocasião, Jéssica se envolveu em uma briga com as acusadas S.C.L.P e S.J.L e em dado momento foi atingida com golpes de faca e morreu no local.

O laudo necroscópico apontou que a mulher teria sido atingida por quatro golpes de faca. O advogado de defesa das acusadas alega legítima defesa no crime.
Redação AssisCity
+ VEJA TAMBEM