08 de Julho de 2020
20º/30º
NOTÍCIAS » REGIÃO

Com retorno a faixa vermelha, apenas serviços essenciais podem ser mantidos em Assis

Igrejas e academias também devem ser fechadas

A Prefeitura de Assis atendendo a recomendação do Ministério Publico revogou o Decreto Municipal 8.163 de 1º de junho 2020, que permitia o retorno gradual do atendimento de diversos estabelecimentos, sendo assim, a partir desta terça-feira, 30 de junho, apenas serviços essenciais podem ser mantidos.

Assis pertence a DRS IX de Marília que está classificada na fase vermelha do Plano São Paulo, que permite o funcionamento apenas de serviços considerados essenciais como farmácias, supermercados, postos de combustíveis, lojas de material de construção e oficinas mecânicas desde que cumpridas todas as normas de segurança sanitária para prevenção e enfrentamento ao Covid-19.

Estão suspensas as atividades de academias, cinemas, teatros, clubes de serviços, clubes recreativos e de entretenimento, casas noturnas e similares, conveniências, devido à aglomeração e a alta rotatividade de pessoas nestes locais. As igrejas também devem ser fechadas.

Os serviços de alimentação, restaurantes, lanchonetes, bares e similares deverão adotar medidas de prevenção para conter a disseminação do COVID-19, mediante vendas com retirada no local ou por entrega em domicílio (delivery), evitando-se ao máximo a permanência de consumo no próprio estabelecimento.

Um novo Decreto Municipal 8.200 foi publicado em 29 de junho, também proíbe realização de festas e eventos de qualquer natureza em que haja aglomeração de pessoas. A fiscalização, segundo decreto, ficará sob responsabilidade da Vigilância Sanitária Municipal.

Redação AssisCity
+ VEJA TAMBÉM