30 de Setembro de 2020
20º/30º
NOTÍCIAS » REGIÃO

Monsenhor Floriano completa 94 anos de idade com muitas histórias de Assis

Ele comemora a data nesta segunda-feira, 10 de fevereiro

Nesta segunda-feira, 10 de fevereiro, o Monsenhor Floriano de Oliveira Garcez completa 94 anos de idade e muitas histórias para contar.

Ele, que é uma das figuras mais emblemáticas da história do município de Assis, dedicou sua vida ao benefício dos mais carentes e é um exemplo de força, humanidade, solidariedade e fé.

Atualmente, ele está internado na Santa Casa de Assis para se tratar de uma pneumonia. Querido por todos, ele está sendo assistido com todo carinho e atenção das equipes, além de familiares e amigos.

Em 2016, Monsenhor Floriano deu uma entrevista emocionante ao AssisCity, contando sobre a construção da cidade, que está intimamente ligada à história de sua família.

"Meu pai, o engenheiro eletricista Pedro de Freitas Garcez, foi uma das grandes figuras que ajudaram na construção de Assis. Em uma época em que o Estado de São Paulo ainda estava sendo desbravado, ele foi um dos responsáveis pela construção da ferrovia Sorocabana. A região era habitada por índios e ele chegou até mesmo a negociar com eles para que as obras fossem possíveis", afirma.

Nascido em Assis pelas mãos de uma parteira, Monsenhor Floriano morava em uma casa localizada na Avenida Rui Barbosa, 525. Seu pai faleceu em 1930, quando ele tinha apenas quatro anos de idade, mas as histórias de Assis não deixaram de fazer parte da sua vida.

"Naquela época não havia energia elétrica nem qualquer outra fonte de informação rápida. Lembro-me da gente sentado no final da tarde ouvindo as histórias que minha mãe, Judith de Oliveira Garcez, nos contava. Mamãe foi a primeira professora da cidade, responsável pela classe feminina, já que naquela época as salas não eram mistas. Ela chegou a organizar uma festa, cuja entrada era a matrícula das crianças na escola, tudo para poder ensiná-las", conta.

Leia mais: Monsenhor Floriano, a memória viva de Assis

Monsenhor Floriano foi ordenado padre na antiga Catedral no dia 7 de dezembro de 1972, pelo Bispo Dom Antônio José dos Santos e o então Bispo Coadjutor, Dom José Lázaro Neves. Com a nomeação, Monsenhor passou a ser o primeiro padre Diocesano de Assis.

Em 1956, foi nomeado Vigário Geral e, entre muitas realizações, ajudou na construção da Casa das Meninas, da qual é cofundador. Ele também foi o responsável pela construção do Seminário São José, do qual foi o primeiro professor e também reitor, além da atual Igreja Matriz Catedral, onde foi vigário de 1967 a 2002.

Após 25 anos de sacerdócio, Floriano foi nomeado Monsenhor e recebeu o título de "Camareiro Secreto e Antistete Rurae", pelo Papa Paulo XI. Em 1992, ele recebeu o título de "Protonotario Apostólico", das mãos do Papa João Paulo II.

Monsenhor Floriano também foi provedor da Santa Casa, diretor espiritual Diocesano do Cursinho da Cristandade, fundador e presidente da Cáritas Diocesana e diretor Diocesano do Encontro de Casais com Cristo (ECC).

Em 2016, ano de comemoração de seus 90 anos, a comunidade se reuniu para realizar uma grande festa na ACIA.

Ao Monsenhor Floriano, muitas felicidades e feliz aniversário!

Redação AssisCity/ Fotos: Divulgação
+ VEJA TAMBÉM