29 de Setembro de 2020
20º/30º
NOTÍCIAS » REGIÃO

Morre em Tarumã vereador Adilson Perciliano, com complicações de COVID-19

Adilson tinha 50 anos e deixa sua esposa e três filhos

O Vereador de Tarumã, Adilson Perciliano, de 50 anos, do Democratas, morreu neste domingo, 13 de setembro, por complicações no pulmão após cerca de 15 dias internado com diagnóstico de COVID-19.

O filho Thiérs Perciliano, explica que o pai teve alta do COVID-19 no dia 10 de setembro, quinta-feira, mas permaneceu internado na UTI da Santa Casa de Paraguaçu Paulista, por complicações no pulmão. "Ele vinha de uma evolução no quadro muito boa, e iria tratar de uma pneumonia mas, infelizmente ele teve uma infecção generalizada e infelizmente não resistiu".

A reportagem do AssisCity conseguiu contato também com a sobrinha do vereador, Karolayne Lima Calegari, que sentiu a morte do tio e em mensagem deixou sua homenagem. "Adilson, amigo, tio, vereador, pai espiritual, ajudava os necessitados, levava alegria para os quatro cantos da terra. Fundador do Frutos de Pentecostes e também da comunidade ACREDITAR, que ajudava dependentes químicos, fazia tudo por amor. Encerrou sua missão aqui na terra, mas deixou um legado a ser seguido. O céu precisava do seu sorriso. Acreditamos na ‘força do bem’, esse era o legado dele! Que Deus o receba de braços abertos!”, diz emocionada.

Adilson Perciliano, 50 anos
Adilson Perciliano, 50 anos


Em uma postagem em sua rede social feita em 25 de agosto, Adilson falava da gratidão de poder ajudar a recuperar vidas. "Deus me deu uma missão, me chamou para ajudar pessoas e famílias a saírem do inferno das drogas e tenho desgastado a minha vida nisso, devolvendo a esperança em muitos corações”.

O vereador deixa a esposa Marilene dos Lima Perciliano, os filhos Thiers Henrique, Adriano Willian Lima Perciliano, João Marcos Lima Perciliano e os netos Nicolas Freire Perciliano, Emanuel José da Silva Quarenta, Lorenzo Freire Perciliano, Samuel, Thiago Silva Perciliano, Felipe Gabriel da Silva Quarenta.

Por já ter passado o período de contágio do vírus, os médicos liberaram para que Adilson tenha velório, que será realizado na Câmara Municipal de Tarumã a partir das 21h e o sepultamento está previsto para 11h desta segunda-feira, 14 de setembro, no Cemitério Municipal.
Redação AssisCity
+ VEJA TAMBÉM