06 de Março de 2021
20º/30º
Notícias - Região

Mulher é assaltada no centro de Assis e jovem consegue deter o ladrão

Jovem de 20 anos seguiu o ladrão até às proximidade do Banco do Brasil

Na tarde desta quarta-feira, 27 de janeiro, uma mulher teve seu celular roubado por um homem e uma jovem de 20 anos recuperou o aparelho após correr atrás do assaltante, na Rua Floriano Peixoto em Assis.

A jovem de 20 anos, que preferiu não se identificar, contou ao Portal AssisCity que ela viu o homem passar correndo em frente ao seu trabalho, e logo em seguida ouviu um grito.

"Eu saí na frente da loja e vi a mulher caída e o homem correndo, naquele momento não pensei em mais nada, saí disparada atrás dele. Só parei quando estávamos nas proximidades do Banco do Brasil e consegui recuperar o aparelho dela".

Divulgação - Após correr alguns quarteirões a idosa caiu e desmaiou no meio da calçada
Após correr alguns quarteirões a idosa caiu e desmaiou no meio da calçada


A moça contou que quando chegou perto do homem outras pessoas estavam próximas, ela chamou a polícia e o deixou com os outros que estavam pelo local. "Quando senti segurança em deixa-lo com o pessoal que estava por ali, voltei até a mulher e devolvi o celular dela e após o SAMU chegar voltei até o banco e esperei os policiais levarem o homem".

De acordo com outras testemunhas a mulher tentou correr atrás do homem para recuperar seu celular e só parou quando tropeçou, caiu e bateu a cabeça na frente de uma loja.

Ainda não se sabe o quadro de saúde da vítima, que foi socorrida e encaminhada para a Unidade de Pronto Atendimento de Assis, UPA.

*Atualização: 27/01/2020, às 18h30*

O Filho da vítima entrou em contato com o Portal AssisCity, contando que a mãe correu atrás do assaltante por três quarteirões e tropeçou, caiu e bateu a cabeça, na hora ela perdeu a consciência por alguns minutos. A mulher de 44 anos segue em observação no UPA mas está bem.

O Rapaz declarou ainda que após ser liberada do UPA, a mulher segurá até a delegacia para registrar o Boletim de Ocorrência.


Redação AssisCity
+ VEJA TAMBEM