Buscar no site

Mulher morre após ser atacada por enxame de abelhas em Assis

Adriana de Oliveira Faustino, de 44 anos, sofreu mais de 300 picadas e acabou não resistindo

Redação AssisCity

  • 03/12/23
  • 10:00
  • Atualizado há 11 semanas

No final da tarde deste sábado, dia 2 de dezembro, uma mulher morreu após ser atacada por um enxame de abelhas na zona rural de Assis. A vítima, Adriana de Oliveira Faustino, de 44 anos, estava se banhando em um riacho com familiares nas proximidades do bairro da Água do Lagarto Verde, quando foi surpreendida pelo ataque.

De acordo com as informações obtidas pelo Portal AssisCity, o Corpo de Bombeiros foi acionado no local mas, antes que pudessem chegar, os familiares que estavam com ela tentaram socorrê-la, mas também acabaram sendo atacados. Todos foram socorridos e levados à Unidade de Pronto Atendimento (UPA). Adriana, no entando, não resistiu e acabou morrendo antes mesmo que o socorro chegasse.

Segundo o Corpo de Bombeiros, Adriana sofreu aproximadamente 300 picadas em todo o corpo e a suspeita é de que as abelhas sejam africanas, que são mais perigosas e agressivas do que europeias. Uma prima da vítima contou aos socorristas que Adriana já possuía um quadro asmático e que era alérgica à abelhas, o que pode ter colaborado para o trágico desfecho.

Redes Sociais/Divulgação - Adriana de Oliveira Faustino, de 44 anos - FOTO: Redes Sociais/Divulgação
Adriana de Oliveira Faustino, de 44 anos - FOTO: Redes Sociais/Divulgação

O corpo de Adriana de Oliveira está sendo velado na Sala 2 do Centro Funerário da São Vicente Prever. Seu sepultamento está previsto para às 15h15h deste domingo, dia 3 de dezembro.

Receba nossas notícias em primeira mão!

Mais lidas
Ver todas as notícias locais
Colunistas Blog Podcast
Ver todos os artigos