18 de Junho de 2021
20º/30º
Notícias - Região

Professora assisense é submetida à transplante da própria medula óssea

Ana Paula Ambrósio Trancolin fez o procedimento no Hospital Amaral Carvalho e já está de volta à sua casa

No dia 30 de abril, a assisense Ana Paula Ambrósio Trancolin, 41 anos, professora na Rede Municipal de Assis, foi destaque nas redes sociais do Hospital Amaral Carvalho, em Jaú, onde recebeu um transplante de medula óssea.

Ana explicou em entrevista ao Portal AssisCity que em 2017 descobriu que estava com leucemia, um tipo de câncer dos tecidos formadores de sangue, incluindo a medula óssea. Após uma série de tratamentos e acompanhamento médico, a doença retornou em outubro de 2020.

"Recebi essa notícia em 2017 e comecei os tratamentos. Porém, em outubro de 2020 a doença retornou e foi quando teve a possibilidade de realizar esse tratamento de medula para o primeiro semestre deste ano", explica a professora.

Com essa triste notícia, Ana Paula concordou em realizar o procedimento de transplante da própria medula e não uma doação, como os médicos propuseram para ela, como ocorre em muitos casos. Após alguns dias de ter realizado os exames, ela foi submetida ao tão sonhado procedimento. Depois de 20 dias internada, ela retornou para Assis e segue em recuperação domiciliar. Devido à pandemia de COVID-19, ela explica que as regras se tornaram ainda mais rígidas.

"É como se eu tivesse nascido novamente, pois perdi todas as vacinas que tomei ao longo da vida. Além disso, minha imunidade está baixa e preciso me isolar das pessoas, não apenas por conta da pandemia. Também é necessário uma mudança na alimentação e devo seguir dieta rígida", finaliza Ana Paula, que por um período de três meses continuará com essas restrições.

Divulgação - Professora assisense é submetida a transplante da própria medula óssea / Imagem: Hospital Amaral Carvalho
Professora assisense é submetida a transplante da própria medula óssea / Imagem: Hospital Amaral Carvalho

Redação AssisCity
+ VEJA TAMBEM