06 de Julho de 2020
20º/30º
NOTÍCIAS » SAÚDE

Dentista Patrícia Sartori explica quatro sintomas do câncer de boca

Feridas e manchas podem ser manifestações da doença e merecem acompanhamento

Divulgação


Você sabia que o câncer de boca é o 12º mais frequente entre todos os tumores? Por isso, se atentar aos cuidados bucais é imprescindível para sua saúde no geral.

A dentista Patrícia Sartori, da Clínica Sartori de Assis, explica quatro sintomas da doença que devem acender uma luz de alerta para você.

"Uma boa higiene bucal, não beber e não fumar, manter uma alimentação saudável e fazer visitas regulares ao cirurgião-dentista ajudam a reduzir a incidência da doença e a melhorar o prognóstico do tratamento em caso de diagnóstico. O dentista vai examinar todas as regiões da boca para identificar qualquer alteração que possa ser um indício de um câncer”, afirma.

Segundo Patrícia, a orientação principal é que, ao sentir ou observar algo diferente na boca, como manchas ou feridas que não cicatrizam, o paciente deve procurar um profissional da Odontologia.

O vírus do HPV também está relacionado à aparição do câncer na região posterior, do palato mole e base da língua. Por isso, o uso de preservativo durante a prática do sexo oral é importantíssimo.

Lesões

Normalmente, o estágio inicial do câncer de boca faz com que feridas cresçam continuamente e não cicatrizem por mais de 15 dias. Elas podem surgir nos lábios ou qualquer outra parte da cavidade oral, podendo ser confundidas com aftas, mas sem dor.

Alterações na gengiva ou na língua

Caroços, carnes crescidas e bolinhas podem surgir na gengiva ou na língua. Ambas as partes da boca não costumam ter o volume aumentado, portanto, vale consultar o cirurgião-dentista.

Divulgação - Doutora Patrícia Sartori, da clínica Sartori Odontologia de Assis
Doutora Patrícia Sartori, da clínica Sartori Odontologia de Assis


Sangramento repentino

Sangramentos na cavidade oral não são normais, mesmo durante uma escovação mais forte. Por isso, a avaliação do dentista será essencial para o diagnóstico correto.

Manchas

A boca pode apresentar alteração de cor, incluindo manchas vermelhas ou esbranquiçadas na língua, gengivas, céu da boca e bochechas.

Diagnóstico e tratamento

A confirmação de um possível câncer de boca se dá a partir da biópsia, ou seja, a remoção de um pequeno fragmento para análise em laboratório.

Após identificação da doença, o paciente deve ser encaminhado para o cirurgião de Cabeça e Pescoço, que irá definir a melhor forma de tratamento, com base em exames complementares. Os tratamentos podem ser cirurgia, radioterapia ou quimioterapia, a depender do estágio da doença.

Divulgação


Divulgação
+ VEJA TAMBÉM