03 de Março de 2021
20º/30º
Notícias - Saúde

Diabetes, pressão alta e tabagismo são comorbidades mais comuns em internados por COVID-19 na Santa Casa de Assis

Ao todo o hospital atendeu 330 pacientes de maio de 2020 a janeiro de 2021

A Santa Casa de Assis vem desde o início da pandemia atendendo a população da cidade de Assis e região nos casos do novo Coronavírus e nesta semana divulgou dados sobre os números do período de maio de 2020 à janeiro de 2021.

Segundo os dados divulgados, o hospital atendeu ao todo 330 internações pela COVID-19, sendo elas 54% em enfermarias e 46% em UTI. As comorbidades mais identificadas nesses pacientes foram diabetes, pressão alta e tabagismo.

Do total de pacientes, a taxa de altas se destaca com o total de 76%, já os óbitos registrados ficaram em um total de 22%, um número bem abaixo da média na taxa total de óbitos, se comparados com as porcentagens nacional e internacional, e os outros 2% são de pacientes transferidos.

Divulgação - Diabetes, pressão alta e tabagismo são comorbidades mais comuns em internados por COVID-19 na Santa Casa de Assis
Diabetes, pressão alta e tabagismo são comorbidades mais comuns em internados por COVID-19 na Santa Casa de Assis


Ainda de acordo com a instituição, dos 330 pacientes que passaram pela Santa Casa 65% são assisenses e o restante moradores das 12 cidades que a instituição atende. O hospital oferece os leitos SUS e leitos particulares. De acordo com o balanço desse total de atendimentos, 73% foram pela rede pública de saúde.

Outro número divulgado foi o de que desses pacientes 58% foram do sexo masculino e 42% do sexo feminino, sendo que a faixa etária que mais esteve presente nesses meses foi a de 60 a 79 anos, com 38%, ficando à frente apenas das idades de 40 a 59 anos com 33%.
Redação AssisCity
+ VEJA TAMBEM